Ações integradas durante todo ano para combater a dengue

A dengue é uma doença infecciosa transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Para eliminar os focos do mosquito e evitar a sua proliferação, a Secretaria da Saúde (Sesa) realiza diversas ações integradas, de forma contínua, durante o ano.

A Sesa, por meio do Comitê Estadual de Mobilização Social Contra a Dengue, propõe, acompanha e executa atividades relacionadas às áreas de educação em saúde, e mobilização social contra a dengue. Essas atuações são realizadas de modo integrado com instituições relacionadas aos temas de assistência, educação, meio ambiente, turismo, esporte, cultura, saneamento, entre outros.

Veja aqui o 46º boletim da dengue.

Veja aqui o 46º boletim de zika.

Veja aqui o 46º boletim chikungunya.

Além disso, com o apoio da Reciclanip, entidade gestora do sistema de Logística Reversa de pneus sem utilidades, o Estado estimula os municípios para que encaminhem os objetos para destinação correta. Já o corpo técnico da Vigilância Epidemiológica da Sesa, realiza capacitações sobre o manejo clínico das arboviroses (doenças causadas pelos arbovírus, que incluem a dengue, zika, chikungunya e a febre amarela) aos profissionais da saúde dos municípios do Espírito Santo.

O chefe do Núcleo Especial de Vigilância Ambiental da Sesa, Roberto Laperriere, ressalta a importância das ações. “Essas ações são importantes para evitar óbitos pela dengue e sensibilizar os profissionais de saúde”, disse.

Os municípios que aderiram ao Programa Saúde na Escola (PSE) recebem apoio e orientações do Estado para exercer ações de prevenção e promoção da saúde. E com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), a Sesa traz um projeto piloto para Estado que propõe uma metodologia de apoio matricial técnico epidemiológico, ambiental, assistencial e laboratorial aos servidores municipais da área das arboviroses.