Segunda etapa da Campanha de Vacinação contra o sarampo teve início nesta segunda-feira (18)

A partir desta segunda-feira (18) iniciou-se a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que seguirá até o dia 30 de novembro. Nesta fase será realizada a imunização, de forma seletiva, de jovens adultos entre 20 e 29 anos não vacinados ou com a caderneta de vacinação incompleta.

O Ministério da Saúde priorizou este grupo devido ao número de casos confirmados nessa faixa etária ser expressivo, ao longo do ano de 2019. Nos últimos 90 dias, foram registrados 5.652 casos confirmados de sarampo no Brasil, sendo 1.729 (30,6%) referentes a adultos de 20 a 29 anos. Dos 14 óbitos no país devido à doença, 21,4% (três óbitos) são nessa faixa de idade.

No Espírito Santo, segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Secretaria de Saúde (Sesa), Danielle Grillo, 657.746 pessoas de 20 a 29 anos deverão ter a caderneta de vacinação avaliada no período da campanha, cujo dia D de mobilização acontece em 30 de novembro.

“Diante do cenário epidemiológico do Brasil e das baixas coberturas vacinais, há a necessidade de realização da campanha de vacinação seletiva contra o sarampo para esse público de 20 a 29 anos a fim de captar jovens não vacinados ou com esquema de vacinação incompleto, reduzindo o risco de adoecimento ou até mesmo a morte dessas pessoas. Todos os jovens nessa faixa de idade devem ter duas doses da vacina com o componente sarampo na sua caderneta de vacinação”.

Serão disponibilizadas a vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), administradas de forma seletiva, e que deverão ter duas doses do componente sarampo, respeitando-se o intervalo de 30 dias entre as doses. As vacinas estarão disponíveis em 493 salas de vacinas de norte a sul do Espírito Santo. “Assim, o objetivo da ação é reduzir ou eliminar os bolsões de não vacinados contra o sarampo no Estado e para isso a Sesa irá monitorar o número de pessoas imunizadas nessa faixa etária”, informou Danielle.

Dados sarampo

A Secretaria da Saúde (Sesa) registrou, até esta quinta-feira (14), um total de 280 notificações de casos suspeitos de sarampo no Espírito Santo. Desses, 261 casos foram descartados, dois foram confirmados e 17 seguem em investigação.

Vacinação contra sarampo para as crianças

O Espírito Santo bateu a meta de cobertura vacinal na primeira etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo, voltada às crianças.

Foram 106,63% de índice de cobertura vacinal da tríplice viral (D1) para crianças com 1 ano de idade. Dos 78 municípios capixabas, 68 superaram a meta de 95% para a vacina. A cobertura vacinal da tríplice viral (Dose Zero) para crianças de 6 a 11 meses de idade atingiu 110,43% de índice.

Danielle Grillo informa que, mesmo com a cobertura vacinal das crianças alcançada, durante a segunda fase da campanha se manterá a intensificação com a dose zero da tríplice viral para crianças de 6 meses a menores de 1 ano de idade e a rotina de vacinação do Calendário da Criança (D1 e D2).

Intensificação da vacinação contra Meningite C e HPV para crianças e adolescentes

O Estado dará continuidade à intensificação para a imunização contra a Meningite C e HPV voltada às crianças e adolescentes, visando aumentar a cobertura vacinal deste público-alvo.

A vacinas contra a Meningite C estarão disponíveis para meninos e meninas de 11 anos a menores de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias) e a vacina HPV para meninos de 11 anos a menores de 15 anos e meninas de nove anos a menores de 15 anos. As vacinas estarão disponíveis em todas as salas de vacinação do Estado.