Sesa divulga registros de Síndrome Respiratória Aguda Grave por Influenza no Espírito Santo

Neste ano, até esta quarta-feira (24), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) registrou um total de 27 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Influenza no Espírito Santo, sendo 17 casos por Influenza A (H3N2), cinco casos por Influenza A (H1N1) e cinco casos por Influenza B. Deste total, três casos evoluíram para óbito por Influenza A (H3N2) e um por Influenza A (H1N1).

Até o final da manhã desta quarta-feira (24), o Espírito Santo atingiu a cobertura de 20,17% do público-alvo na Campanha Nacional de Vacinação.

Os grupos com maiores coberturas de vacinação até o momento são os indígenas (53,31%), puérperas (30,74%), idosos (24,91), gestantes (24,3%) e crianças de 6 meses a menores de 2 anos (21,85%). Já os grupos com as menores coberturas são crianças de 2 anos a menores de 5 anos (17,18%), trabalhadores da saúde (17,18%), crianças de 5 anos (14,15) e professores (10,08%).

A vacinação é realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) em todo Estado, ou conforme a estratégia de cada administração. O Dia D de vacinação contra a gripe será realizado em todo Brasil no dia 4 de maio.

Prevenção

A prevenção contra a doença passa obrigatoriamente pela vacina. Mas você pode adotar outras medidas básicas para minimizar o risco de sofrer com o vírus:

- Lavar sempre as mãos com água e sabão;
- Evitar colocar as mãos no rosto, em especial na boca e no nariz;
- Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com lenço de papel.