Idoso de 87 anos vive em situação precária em Domingos Martins

A reportagem do Portal Montanhas Capixabas esteve em Alto Pena, uma pequena localidade próxima a Ponto Alto e Perobas, distritos de Domingos Martins, para ver de perto como vive o aposentado Benedito Rodrigues Leite. Um morador da região suspeitou que Benedito estivesse vivendo em situação de risco social e entrou em contato com a redação do Portal Montanhas Capixabas.

Assista ao vídeo da chegada da reportagem do Portal Montanhas Capixabas ao local:

Idoso de 87 anos vive em situação precária em Domingos Martins 4Ao chegar ao local – que é de difícil acesso – foi avistada uma pequena casa, que de longe, parecia estar abandonada. Havia uma espécie de porteira, com arames farpados, fechada, e a equipe do Portal Montanhas Capixabas ainda não havia conseguido avistar ninguém. Foi preciso chamá-lo em voz alta, para que o senhor Benedito viesse até o portão.

Idoso de 87 anos vive em situação precária em Domingos Martins 2Caminhando com dificuldade, senhor Benedito veio até a cerca da propriedade onde mora e convidou nossa equipe para entrar e conversar um pouco. Completamente lúcido, ele disse que vivia sozinho, que tinha 17 irmãos, mas apenas uma estaria viva, morando em Alfredo Chaves. “Essa minha irmã, vem de vez em quando me visitar, mas faz tempo que ela não vem”, disse o senhor Benedito.

Simpático e hospitaleiro, ele convidou a reportagem para conhecer sua casa. Sem poder usar a mão direita, pois segundo ele classificou como “aleijada”, e com dificuldade para enxergar, ele apresentou sua casa. Ele também disse que cria gatos e cachorros, mas seu companheiro inseparável é um radinho, e que faz questão de ouvir os jogos do seu time de coração, o Vasco da Gama.

Assista ao vídeo com a reportagem do Portal Montanhas Capixabas dentro da casa do senhor Benedito:

A Prefeitura de Domingos Martins

Idoso de 87 anos vive em situação precária em Domingos Martins 3Procurada pela redação do Portal Montanhas Capixabas, a prefeitura de Domingos Martins, através de sua assessoria de comunicação enviou uma nota dizendo que: “o morador em questão é assistido pela equipe da unidade de saúde de Ponto Alto (distrito ao qual pertence à comunidade de Alto Pena)”.

De acordo com a equipe da unidade de saúde, o morador também está cadastrado e participa assiduamente do Programa Hiperdia, de assistência a pacientes com hipertensão. Ainda segundo a assessoria, o último atendimento foi realizado no dia 29 de agosto, quando o paciente passou por consulta médica e recebeu medicamentos de uso contínuo para controle da pressão arterial.

Idoso de 87 anos vive em situação precária em Domingos MartinsQuestionada sobre quantos agentes existem na comunidade de Alto Pena, a prefeitura, também através de nota disse que: “A comunidade de Alto Pena possui um agente de Saúde, portanto o morador recebe visitas mensais da profissional”. De acordo com o relato da agente de saúde, embora seja assistido, o morador é resistente e se recusa a aceitar orientações para manter o ambiente mais limpo, assim como, a mudar hábitos de higiene. “Ainda assim, a equipe de saúde irá fazer mais uma visita ao morador para avaliar a situação”, confirma a nota.

E do ponto de vista social, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social esclarece que o último registro de demanda para o morador é de 2012. “De lá para cá, não houve novas demandas, mas a secretaria encaminhará uma equipe nos próximos dias para uma visita técnica e realização de um levantamento sócio econômico para a adoção das providências cabíveis”, encerra a nota.