Suspeito de furto que arrombou o antigo bar em Marechal Floriano é preso pela Polícia Militar

Um jovem, 24 anos, foi o autor do arrombamento do antigo e tradicional imóvel onde funciona o Bar América, localizado na “pracinha” de Marechal Floriano. Ele foi denunciado por outro jovem que havia estado com ele na noite do furto, no antigo hospital, atualmente desativado, no Bairro de Batatal. Ambos confessaram que são dependentes químicos.

Ladrão que arrombou o antigo bar em Marechal Floriano é preso pela Polícia Militar 2Um trabalho correto, sigiloso e carregado de perfeições nas investigações estava sendo realizado há mais de uma semana pelos agentes Magnier, Rocha e Ronielly, sob o comando do capitão Abelt, da Polícia Militar de Marechal Floriano. A conclusão positiva dos trabalhos se deu no início da tarde desta terça-feira (15).

A detenção de um jovem que confessou ser usuário de drogas foi o passo principal do trabalho da PM. O rapaz, menor de idade, que estava de posse de parte do furto, inclusive do celular do Bar América identificou o supeito do arrombamento e furto, atualmente morando no antigo hospital em um bairro de Marechal Floriano.

O jovem denunciou e mostrou à PM onde seria o esconderijo do acusado em Marechal Floriano. A equipe foi ao local e o encontrou. Ele foi preso e encaminhado inicialmente ao DPM e acabou confessando o arrombamento cometido no Bar América e também a dependência de drogas, que o levou à essa atitude.

Ladrão que arrombou o antigo bar em Marechal Floriano é preso pela Polícia Militar 3O alicate que ele havia usado para cortar os cadeados da porta principal do estabelecimento comercial para praticar o arrombamento estava escondido à margem do Córrego Batatal, pouco antes de desaguar no Braço Sul do Rio Jucu. Ele foi acompanhado pelos PMs até este local, onde foi recolhido.

O jovem, acusado pelo furto no Bar América, será encaminhado ainda nesta tarde à Delegacia de Polícia Civil de Marechal Floriano e deverá ser transferido para o Centro Prisional de Viana. O capitão Abelt, afirmou que pessoas desconhecidas chegam à Marechal Floriano e se hospedam com facilidade.

“Os proprietário de imóveis devem adotar critérios especiais no momento de alugar os seus imóveis, assim evitarão que pessoas dessa natureza venham para Marechal Floriano praticar furtos, usar e comercializar drogas e praticar outros crimes”, disse Abelt, ressaltando que essa pessoa que cometeu o arrombamento no Bar América estava no antigo hospital, atualmente desativado, quando recebeu a voz de prisão. “Os moradores naturais desta cidade maravilhosa não merecem”, completou.