Estrada intrafegável no interior de Alfredo Chaves provoca prejuízos aos moradores

Lamaçais, buracos, árvores caídas e outros impedimentos estão provocando prejuízos aos moradores, principalmente os agricultores da localidade de Deserto, Alfredo Chaves que fazem entregas de verduras e hortaliças nos mercados da Grande Vitória. Veículos escolares têm dificuldades para trafegar na região e transportar alunos para a escola de Aparecida, no município.

De acordo com a servidora pública de Marechal Floriano, Sandra Bertolo Klein, moradora em um sítio na região, os moradores do Deserto estão ilhados devido a situação das estradas, que segundo ela, estavam em situação de risco e pioraram com o excesso de chuvas. “Os lamaçais estão tomando conta do nosso caminho para casa”.

Sandra Bertolo afirmou que não há possibilidade de as crianças desenvolverem os estudos com absoluta normalidade porque os pais não estão tranquilos devido às dificuldades para o veículo do transporte escolar chegar ao estabelecimento de ensino. “Há árvores caídas e um trecho de mais de 200 metros está intransitável”, conclui.

O lavrador Enildo Schneider é um dos proprietários rurais da região que está sendo prejudicado com a situação da estrada esburacada e com árvore caída. “Não sei como darei continuidade ao meu trabalho de cultivo e das entregas de mercadorias aos comerciantes da Grande Vitória”, disse.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Alfredo Chaves, as chuvas das últimas semanas se encarregaram de promover a destruição parcial nas estradas da região rural e ontem, um temporal piorou a situação. Acrescenta ainda que contatará urgente a Secretaria de Obras para que sejam tomadas as medidas possíveis e assim atender a população da região e outras, em condições semelhantes, devido os temporais.