Corpo de Bombeiros realiza operação para salvar cachorro em Domingos Martins

Uma equipe do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros se sentiu emocionada numa operação realizada para salvar um cãozinho: após mais 40 minutos quebrando pedras com marretas, removendo-as com pás e enxadas, enfim, os bombeiros conseguiram remover o animal, que estava preso em um buraco de pedras.

Corpo de Bombeiros realiza operação para salvar cachorro em Domingos Martins 3No momento da saída do meio das pedras o “animalzinho” pulou sobre as pernas do comandante da operação, o sargento Welder. A equipe de plantão formada por Welder, Diego e Celin teria sido acionada por servidores do canil de Domingos Martins.

As pessoas do local ouviram os latidos desesperados do cãozinho que havia acessado um local aberto no piso próximo do canil de Domingos Martins, totalmente encoberto por pedras e muita terra. Apenas o focinho do cachorrinho era visto quando os bombeiros chegaram ao local.

Corpo de Bombeiros realiza operação para salvar cachorro em Domingos Martins 2A seguir, com o apoio dos funcionários do canil, os bombeiros trabalharam com bastante harmonia para conseguir salvar o “bichinho”, usando a força com os equipamentos e experiência.

“Foi uma vitória para nós plantonistas deste dia, que jamais se apagará das nossas mentes”. A afirmação é do sargento Welder, que após a retirada das pedras e da terra fazendo a abertura de uma saída, foi possível o salvamento do canino. “O cachorro me surpreendeu, pulou sobre as minhas pernas e ficou me observando por alguns segundos, como se estivesse me agradecendo e Diego e Celin também tiveram oportunidade de acariciar o bichinho”, disse.

Corpo de Bombeiros realiza operação para salvar cachorro em Domingos MartinsPara a comerciante Edna Demoner, de Marechal Floriano, que possui um “cãozinho”, a atitude dos bombeiros foi fantástica e a sensibilidade do animal foi o que ocorreu de mais importante em todo o procedimento. “Se eu estivesse no local as lágrimas também escorreriam em bastante quantidade”, disse satisfeita.

O morador Paulo Rubens Stein, que possui um cão, disse que caso acontecesse uma situação semelhante à de hoje com o seu animal, ele não sabe o que faria para agradecer aos bombeiros, que realizariam um trabalho a contento. “O que posso fazer é dar os parabéns e que continuem essa caminhada maravilhosa que nos traz satisfação”.