Cabos telefônicos rompidos e poste caído não foram reparados em Marechal Floriano

As fortes chuvas que caíram há mais de duas semanas, trazendo ventos fortes à toda a região serrana, derrubaram um poste de madeira de sustentação de cabos telefônicos e parte da iluminação pública. A madeira rompida se mantém no piso da via pública movimentada por veículos e pedestres diariamente em caminhada.

O proprietário de um antigo sítio na região, Ildebrando Rodrigues, próximo do local onde houve a queda de um poste de madeira já apodrecido, disse que a presença de equipes para reparar o sistema telefônico ainda não aconteceu no local e grande parte das fiações permanece entrelaçada aos galhos das árvores.

Cabos telefonicos rompidos e poste caido nao foram reparados em Marechal Floriano 02O comerciante Édin Costa, de Vitória, que compraria uma área de terra na Estrada do Caracol, comentou que desistiu em negociar e construir naquela região, embora maravilhosa pelo verde, mas abandonada pelas autoridades e empresas. “Há algum tempo choveu forte e quebrou galhos de árvores e cabos, além de um poste: está tudo no local”.

Outro sitiante que desistiu de construir no Caracol foi o lojista Álvaro Sarmento, da Grande Vitória. A decisão ocorreu na última semana quando esteve em Marechal Floriano para fechar negócio comprando um sítio. “Quando cheguei ao local com o vendedor de terrenos ele me disse para não assustar e assim, desisti na hora”.