Ciclistas pedalam em estradas do interior de Marechal Floriano e Alfredo Chaves

O frio intenso provocado pelas chuvas procedentes do Sul do Brasil nas últimas semanas impediu de certa forma a realização dos “pedais” de Marechal Floriano. Ontem o exercício, divertimento, promoção da saúde e da harmonia entre os participantes dos pedais, retomou as atividades.

Ciclistas pedalam em estradas do interior de Marechal Floriano e Alfredo ChavesForam em 35 quilômetros que o conhecido “Grupo dos Tubarões”, com 16 ciclistas, se divertiram pelas estradas vicinais e pavimentadas passando por Rio Fundo, zona rural de Marechal Floriano, até Ribeirão do Cristo, em Alfredo Chaves, seguindo por Fazenda Aparecida, também denominada por Basílio e enfim, sede de Marechal Floriano.

O passeio teve a duração de mais de duas horas e, com o apoio do tempo firme, voltará se repetir todas as terças e quintas-feiras para trechos diferenciados da região montanhosa. De acordo com o comerciante Itamar dos Santos, o alívio da tensão provocada pelo trabalho no dia a dia, é um dos resultados positivos das pedaladas.

Segundo ele, a harmonia se estabelece e fica fortificada sempre durante os passeios de bicicleta entre os amigos de ambos os sexos. “Muito importante também é o contato direto com a natureza, já que escolhemos onde as florestas são preservadas e o oxigênio é respirado puramente”, disse.

O estoquista Luan Agner, afirma que o contato com a natureza é o mais importante e o que mantém os passeios semanais. “Com o tempo estável nada melhor que sentar sobre a bike e passear à vontade próximo das florestas, sem pressa, porque você está ao lado dos verdadeiros amigos”, disse.

 

Frank Motoboy