Concurso irá premiar os melhores cafés de Afonso Cláudio

Os produtores rurais - que cultivam os melhores cafés de Afonso Cláudio - poderão ser premiados num concurso em que R$ 25 mil serão divididos entre os melhores cafeicultores das variedades arábica e conilon. Para cada variedade haverá as subcategorias Despolpado ou Descascado e Natural. O objetivo da competição é incentivar a produção de cafés de qualidade superior, produzidos de forma sustentável.

As inscrições para o Prêmio Cafés de Especiais de Afonso Cláudio podem ser feitas até o dia 13 de setembro. Os produtores interessados em participar podem se inscrever na unidade de atendimento da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Econômico ou no escritório do Incaper, no horário de 8h às 16h.

A divulgação dos 15 primeiros colocados de cada categoria será no dia 26 de setembro. Entre os dias 3 e 11 de outubro, serão realizadas as auditorias nas propriedades para verificação das boas práticas agrícolas e retirada daamostra real do café. A avaliação sensorialdos finalistas será no dia 21 de outubro e o evento de encerramento e premiação dosvencedores será no dia 24 do mesmo mês.

Para concorrer, os agricultores do município deverão apresentar a Inscrição Estadual de Produtor, documento da terra(CCIR-INCRA), contrato de parceria ou comodato, bloco de notas regularizado (blocodo produtor) e, sendo agricultor familiar, a DAP – Declaração de Aptidão ao PRONAF(Carta de Aptidão).

Serão aceitos lotes com no mínimo cinco e no máximo 20 de sacas beneficiadas. Um mesmo agricultor ou agricultora poderá participar com apenas um lote por categoriae por estabelecimento agropecuário. Cada amostradeverá conter um quilo por via, sem beneficiamento ou pila.

Serão classificadas as cinco amostras na subcategoria Natural e 10 da subcategoria Despolpado ou Descascado, que obtiverem as maiores notas atribuídas pela comissão julgadora nas categorias Arábica e Conilon.

Serão declarados vencedores de cada categoria, os cafés que, somados à avaliaçãosensorial e à avaliação dos critérios socioeconômico e ambientais, obtiverem a maior pontuação. O primeiro colocado nas subcategorias Despolpado ou Descascado, as variedades arábica e conilon, irão faturar R$ 4 mil. Haverá premiação até o 7º colocado. Na subcategoria Natural, a premiação será de R$ 1.500, R$ 1 mil e R$ 500,00, para os 1º, 2º e 3º colocados, respectivamente.