Concurso irá premiar os melhores cafés de Afonso Cláudio

Os produtores rurais - que cultivam os melhores cafés de Afonso Cláudio - poderão ser premiados num concurso em que R$ 25 mil serão divididos entre os melhores cafeicultores das variedades arábica e conilon. Para cada variedade haverá as subcategorias Despolpado ou Descascado e Natural. O objetivo da competição é incentivar a produção de cafés de qualidade superior, produzidos de forma sustentável.

As inscrições para o Prêmio Cafés de Especiais de Afonso Cláudio podem ser feitas até o dia 13 de setembro. Os produtores interessados em participar podem se inscrever na unidade de atendimento da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Econômico ou no escritório do Incaper, no horário de 8h às 16h.

A divulgação dos 15 primeiros colocados de cada categoria será no dia 26 de setembro. Entre os dias 3 e 11 de outubro, serão realizadas as auditorias nas propriedades para verificação das boas práticas agrícolas e retirada da amostra real do café. A avaliação sensorial dos finalistas será no dia 21 de outubro e o evento de encerramento e premiação dos vencedores será no dia 24 do mesmo mês.

Para concorrer, os agricultores do município deverão apresentar a Inscrição Estadual de Produtor, documento da terra (CCIR-INCRA), contrato de parceria ou comodato, bloco de notas regularizado (bloco do produtor) e, sendo agricultor familiar, a DAP – Declaração de Aptidão ao PRONAF (Carta de Aptidão).

Serão aceitos lotes com no mínimo cinco e no máximo 20 de sacas beneficiadas. Um mesmo agricultor ou agricultora poderá participar com apenas um lote por categoria e por estabelecimento agropecuário. Cada amostra deverá conter um quilo por via, sem beneficiamento ou pila.

Serão classificadas as cinco amostras na subcategoria Natural e 10 da subcategoria Despolpado ou Descascado, que obtiverem as maiores notas atribuídas pela comissão julgadora nas categorias Arábica e Conilon.

Serão declarados vencedores de cada categoria, os cafés que, somados à avaliação sensorial e à avaliação dos critérios socioeconômico e ambientais, obtiverem a maior pontuação. O primeiro colocado nas subcategorias Despolpado ou Descascado, as variedades arábica e conilon, irão faturar R$ 4 mil. Haverá premiação até o 7º colocado. Na subcategoria Natural, a premiação será de R$ 1.500, R$ 1 mil e R$ 500,00, para os 1º, 2º e 3º colocados, respectivamente.