Cafeicultura em Marechal Floriano envolve mais de 100 famílias

Um mar de cafezais em cerca de 3.4 mil hectares e produção de 90 mil sacas por ano do grão que faz parte da história do Brasil: o café arábica. É assim que a cafeicultura movimenta a economia de Marechal Floriano. Segundo a Secretaria Municipal de Agricultura, as mais de 100 famílias dedicadas ao ramo geram mais de R$ 100 milhões por ano para a região.

Atenta a isso, e em parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a Secretaria atua para fomentar a atividade no município.

Cafeicultura em Marechal Floriano envolve mais de 100 famílias“Orientamos aos produtores desde a preparação do solo, transporte de adubos, mudas até a colheita. Além disso, oferecemos cursos e treinamentos”, afirma o secretário municipal de Agricultura, Sérgio Stein. Para o secretário, a atuação da Administração valoriza quem produz.

“Participamos para contribuir e fortalecer o homem do campo, pois isso gera emprego e renda para a população florianense. E o resultado é esse: uma cafeicultura bem desenvolvida, com aumento da produção e com a participação da Prefeitura, da Secretaria de Agricultura, auxiliando nos diversos estágios dessa atividade tão importante para o Estado”, finaliza.