Setor agrícola movimenta cerca de 80% da renda de Marechal Floriano

O setor agrícola constitui grande parte da economia de Marechal Floriano, representando cerca de 80% da produção de renda do município, tendo como principais atividades o cultivo do café, a avicultura e a olericultura. A Prefeitura de Marechal Floriano, através da Secretaria Municipal de Agricultura (SEMAG), desenvolve várias políticas de estímulo à produção agrícola, como o incentivo a doação de mudas e sementes para diversificação agrícola, assistência técnica e a captação de recursos junto a órgãos estaduais e federais. 

Setor agrícola movimenta cerca de 80 da renda de Marechal Floriano3A conservação de estradas vicinais também faz parte das ações realizadas para auxiliar e facilitar o escoamento da produção. Araguaia, Rio Fundo, Costa Pereira, Soído e a via que leva a Alto-Paraju são alguns dos locais que receberam manutenção recentemente, através da Secretaria Municipal de Interior e Transportes (SEMIT).

A prefeitura, também oferta tratores e implementos agrícolas, para mecanizar e simplificar o trabalho diário no campo, colaborando para expansão da produção agrícola. Durante o primeiro semestre deste ano, as localidades de Costa Pereira, Bom Jesus, Alto Nova Almeida, Boa Esperança e Soído, foram contempladas com maquinários para uso coletivo.

Setor agrícola movimenta cerca de 80 da renda de Marechal Floriano1A Casa do Mel, que está em construção, produzirá cerca de 50 toneladas por ano, oferecendo trabalho direto para um número aproximado de 60 a 80 pessoas. Sendo um dos grandes investimentos em infraestrutura realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura (SEMAG) em parceria com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (SEMUR), irá proporcionar um grande impulso aos apicultores da região.

A SEMAG, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e o Sindicato Rural, também promove cursos de capacitação e qualificação profissional em diversas áreas voltadas ao setor agrícola, que são oferecidos mediante as demandas levantadas nas comunidades.

“É de extrema importância dar atenção e suporte ao produtor rural, com capacitação e novos equipamentos. A mecanização da produção agrícola é o futuro do campo, facilitando, dando melhores condições de trabalho e trazendo economia para o município nesse momento frágil do país”, ressaltou o secretário de Agricultura Sérgio Stein.

“Nesse momento de crise apoiar o produtor rural é fundamental. Dando amparo ao homem do campo, a prefeitura ajuda o agricultor e também a fortalecer toda a economia local”, enfatizou o prefeito Cacau Lorenzoni.