Seag participa de Feira de Avicultura e Suinocultura na região serrana

A Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) participou, nesta quinta-feira (06), em Venda Nova do Imigrante, da 5ª Feira de Avicultura e Suinocultura Capixaba (Favesu) e que contou com a presença do governador do Estado,Renato Casagrande.

O evento teve abertura nesta quarta-feira (05) e reuniu produtores, técnicos e empresários. O objetivo da Feira é discutir as ações, possibilitando troca de experiências, a apresentação de novas tecnologias e a otimização das produções de aves e suínos.

A programação incluiu o concurso de qualidade de ovos, tecnologias disponíveis para a avicultura de frango de corte, marketing voltado à suinocultura brasileira, além de seminários voltados à sustentabilidade, uso racional de recursos e biosseguridade.

Durante o evento foram apresentadas as perspectivas para a suinocultura e avicultura de corte, para o agronegócio e também experiências voltadas à produção orgânica de ovos em larga escala.

Para o secretário de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, a presença das pessoas e a qualidade dos expositores, demonstram o tamanho e a importância do evento.

“A 5ª Favesu é um sucesso. É uma feira de porte nacional, que vem trazer o estímulo não apenas para quem está no setor, mas também para quem tem vontade de começar a investir na área. Nós precisamos lembrar dos bons casos, como, por exemplo, o de Santa Maria de Jetibá, que tem a maior produção de ovos do Brasil, com milhões de unidades”, disse.

Foletto destacou as boas parcerias para otimizar a produção. "Estamos nos unindo para melhorar também a questão logística do milho e do farelo de soja, que são insumos importantes para o avanço dessas atividades. Estamos trabalhando com o governador e demais entidades para que possamos resolver as necessidades de uma área que tem uma grande representatividade na economia capixaba. É hora de parabenizar a capacidade de organização, o desenvolvimento tecnológico e a coragem dos produtores, de investir em um momento de dificuldade econômica nacional e mundial", afirmou.

O presidente da presidente da Associação dos Avicultores do Espírito Santo (Aves), Ademar Kerckhoff, também falou sobre a importância do evento. “Sabemos que esses dois dias serão muito proveitosos. A Favesu leva, além de conhecimento, novas tecnologias e melhorias para a qualidade das produções. Temos que pensar nos nossos consumidores para que eles tenham boa qualidade nos produtos adquiridos”, destacou.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes/ Senar), Júlio Rocha, lembrou os desafios do setor. “A Federação tem cumprido seu papel. Ano passado atendemos 800 produtores e nossa meta para 2019 é do dobro”.

O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, falou sobre a atuação da Favesu. “É um trabalho importante. Parabenizo os organizadores da feira, que participo desde a primeira edição e posso falar que ela cresce a cada ano”, elogiou.