“Casa do Mel Edmundo Littig”. Assim foi denominado o imóvel que servirá aos apicultores de Marechal Floriano para a garantia de produção e organização conjunta visando a comercialização do produto. A Casa do Mel será inaugurada pelo prefeito João Carlos Lorenzoni, às 18 horas desta sexta-feira (24), em Boa Esperança, zona rural deste município.

A retomada de programas estaduais de produção vegetal referentes ao cultivo de frutos (fruticultura), hortaliças (olericultura) e também de madeira (silvicultura), marcou o ano de 2019 da Coordenação Técnica de Produção Vegetal do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

No âmbito da coordenação, três ações se destacaram. Uma delas foi a inclusão de dois projetos estratégicos na Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). Um dos projetos prevê o lançamento de uma nova variedade de olerícola voltada para a agricultura orgânica; o outro refere-se à seleção de variedades de milho e feijão.

Por falar em milho, outra ação a se destacar foi a produção e distribuição de 200 quilos de sementes do Milho Imperador, variedade lançada pelo Incaper voltada para os agricultores orgânicos do Espírito Santo. Uma das grandes características da variedade é o patamar de produtividade, que supera oito toneladas de grãos secos por hectare.

Além dessas duas ações, o ano também foi proveitoso pela retomada do Programa Estadual da Fruticultura. Foi iniciado o planejamento para 2020, com ações de pesquisa, assistência técnica e extensão rural que priorizam as cadeias produtivas e promovam o aumento da produção e da qualidade das principais frutas cultivadas no Espírito Santo.

Segundo o coordenador de Produção Vegetal do Incaper, Luiz Fernando Favarato, as ações realizadas em 2019 procederam de forma positiva, sendo executadas dentro do cronograma proposto. “Em 2020, a coordenação planeja um ano cheio. Dentre as ações previstas, estão a elaboração de projetos estratégicos para manutenção dos Bancos de Germoplasma do Incaper; a elaboração e execução de projeto para produção e distribuição de sementes de milho e feijão; a elaboração de projeto para implementação e divulgação do Sistema Plantio Direto na Palha e Integração Lavoura Pecuária; além da realização das atividades de capacitação no Programa Estadual de Fruticultura”, afirmou.

As fortes chuvas que atingiram os municípios de Iconha e Alfredo Chaves, na Região Sul do Estado, provocaram inúmeros prejuízos e o sistema agrícola que é composto pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) e as Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa) está realizando uma rede de solidariedade.

A Câmara Setorial de Alimentos e Bebidas da Findes está trabalhando em conjunto com sindicatos do setor para que, em breve, produtos produzidos no Espírito Santo passem a contar com o selo "100% Capixaba". O objetivo é valorizar o produto capixaba, aumentando a sua visibilidade. A informação é do executivo da Câmara Setorial, Fábio Dias.

A segunda fase da campanha de vacinação contra febre aftosa acabou em novembro de 2019 com uma cobertura vacinal de 98,93%, superando o ano de 2018, quando foi registrado 97,87% de animais imunizados. Ao todo, foram vacinados 1.980.206 bovinos e bubalinos de todas as idades e de 29.276 propriedades rurais capixaba.

Com o objetivo de oferecer qualificação para a mão de obra do setor agrícola de Marechal Floriano, a meta da Secretaria Municipal de Agricultura (Semag) é continuar oferecendo capacitação para os profissionais do meio rural. Os cursos foram oferecidos em 2019 e a intenção da pasta é que eles continuem ocorrendo neste ano. E o melhor, tudo gratuito.