GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 17 DE JANEIRO DE 2017

 

Marechal Floriano » Geral

Marechal Floriano, 11/01/2017

​Cães são treinados para busca, resgate e salvamento pelo Corpo de Bombeiros de Marechal Floriano

 

Foto: Roberly Pereira

 

Roberly Pereira

Iniciada em 2012, a atividade de treinamentos de animais caninos é realizada no Espírito Santo pelo Corpo de Bombeiros Militar sendo a Equipe de Resgate com Cães – ERC – integrada por militares especializados para a busca, resgate e salvamento com cães certificados para as funções. 

O cão deverá estar apto para atender pelo menos três especializações: destaques para a busca, resgate e salvamento em estruturas em colapso, localização de vítimas em escombros, soterradas, perdidos em florestas, afogados e rios e lagoas e ainda o encontro de cadáveres.  

Na atualidade, o 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Marechal Floriano conta com dois militares internos com curso de especialização e outros três em treinamento. Há dois cães em treinamento, sendo um da raça pastor belga malinois e um pastor alemão. 
 

O tenente Rafalsky, responsável pelo setor de Operações da 1ª CIA do 4º Batalhão em Marechal Floriano, afirma que a região é caracterizada por relevo montanhoso. “E extensa a Mata Atlântica e este fato exige ações de salvamento de pessoas desaparecidas com o apoio e utilização de cães”, disse. 
 
O cabo Pires, que realiza treinamento diário com os cães, explica a razão de os animais serem tão importantes para o trabalho de busca e salvamento. “O benefício está no tempo de resposta. Eles têm dois sentidos muito aguçados. O faro, que é o fator prioritário para nós, e a audição”, explica.
 
A cabo Helen, integrante da equipe, comenta que o cão ainda filhote é cedido para o militar para um trabalho de socialização. “O animal passa pela familiarização de ambientes diversos e então é destinado para uma atividade específica. Os cães, após aprovados no procedimento da  certificação, trabalharão na busca de vivos e mortos”.

Treinamento de Resgate

O Treinamento de Resgate mostra qualidades nos cães de busca que o diferenciam dos cães comuns. As mais importantes são:

•    A capacidade de discernir e seguir cheiros e odores
•    Altos níveis de resistência e entusiasmo
•    A capacidade de uma formação rigorosa

Helen afirma que a socialização do animal na sua formação é de suma importância, facilita a interagir com humanos de todas as idades, tanto quanto possível, de modo a que eles se tornem mais seguro.

Ela explica ainda que, no aspecto da preparação física, o exercício é parte integrante da vida de cada cão, mas um cão que está em formação de resgate é um pouco compulsivo. “Os animais necessitam de adaptação na natação, caminhadas e em terrenos perigosos. O cão deve ser exposto a todos os elementos da natureza, de modo que as condições numa missão real não o surpreendam”.

 

 



 

 

​Carreta transportando peça de 200 toneladas deixa lento o trânsito na BR-262 nesta terça-feira (17)

Ex-morador de Marechal Floriano é agredido e se encontra em estado terminal

​Lixeira de madeira removida pela prefeitura de Marechal Floriano é substituída por outra de metal

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados