GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 24 DE MARÇO DE 2017

 

Marechal Floriano » Geral

Marechal Floriano, 11/01/2017

​Cães são treinados para busca, resgate e salvamento pelo Corpo de Bombeiros de Marechal Floriano

 

Foto: Roberly Pereira

 

Roberly Pereira

Iniciada em 2012, a atividade de treinamentos de animais caninos é realizada no Espírito Santo pelo Corpo de Bombeiros Militar sendo a Equipe de Resgate com Cães – ERC – integrada por militares especializados para a busca, resgate e salvamento com cães certificados para as funções. 

O cão deverá estar apto para atender pelo menos três especializações: destaques para a busca, resgate e salvamento em estruturas em colapso, localização de vítimas em escombros, soterradas, perdidos em florestas, afogados e rios e lagoas e ainda o encontro de cadáveres.  

Na atualidade, o 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Marechal Floriano conta com dois militares internos com curso de especialização e outros três em treinamento. Há dois cães em treinamento, sendo um da raça pastor belga malinois e um pastor alemão. 
 

O tenente Rafalsky, responsável pelo setor de Operações da 1ª CIA do 4º Batalhão em Marechal Floriano, afirma que a região é caracterizada por relevo montanhoso. “E extensa a Mata Atlântica e este fato exige ações de salvamento de pessoas desaparecidas com o apoio e utilização de cães”, disse. 
 
O cabo Pires, que realiza treinamento diário com os cães, explica a razão de os animais serem tão importantes para o trabalho de busca e salvamento. “O benefício está no tempo de resposta. Eles têm dois sentidos muito aguçados. O faro, que é o fator prioritário para nós, e a audição”, explica.
 
A cabo Helen, integrante da equipe, comenta que o cão ainda filhote é cedido para o militar para um trabalho de socialização. “O animal passa pela familiarização de ambientes diversos e então é destinado para uma atividade específica. Os cães, após aprovados no procedimento da  certificação, trabalharão na busca de vivos e mortos”.

Treinamento de Resgate

O Treinamento de Resgate mostra qualidades nos cães de busca que o diferenciam dos cães comuns. As mais importantes são:

•    A capacidade de discernir e seguir cheiros e odores
•    Altos níveis de resistência e entusiasmo
•    A capacidade de uma formação rigorosa

Helen afirma que a socialização do animal na sua formação é de suma importância, facilita a interagir com humanos de todas as idades, tanto quanto possível, de modo a que eles se tornem mais seguro.

Ela explica ainda que, no aspecto da preparação física, o exercício é parte integrante da vida de cada cão, mas um cão que está em formação de resgate é um pouco compulsivo. “Os animais necessitam de adaptação na natação, caminhadas e em terrenos perigosos. O cão deve ser exposto a todos os elementos da natureza, de modo que as condições numa missão real não o surpreendam”.

 

 



 

 

​Moradores antigos de Marechal Floriano pensam em tomar banho no Braço Sul

Duas comunidades católicas participarão da missa mensal em Aparecida

Inscrições para curso em Gestão Pública da Cultura serão abertas no dia 1º

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados