GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 20 DE JANEIRO DE 2017

 

Domingos Martins » Saúde

Domingos Martins, 23/12/2016

​Curso de cirurgia por vídeo inédito no Estado é oferecido no hospital de Domingos Martins

 

Foto: Julio Huber

 

Julio Huber

Médicos e estudantes de medicina participaram de um treinamento que utilizou equipamentos inéditos no Estado. A primeira etapa do Curso de Introdução à Cirurgia Videolaparoscópica foi realizada no Hospital e Maternidade Dr. Arthur Gerhardt (HMAG), em Campinho, sede de Domingos Martins.

O primeiro módulo do treinamento ocorreu no último sábado (17), sob a coordenação do cirurgião José Rogério Mendes Gloria. Na ocasião, os profissionais e estudantes tiveram o primeiro contato com os aparelhos que permitem realizar cirurgias por meio de vídeo.  
 
  

O curso é patrocinado pela Angiosuture e pela americana MSH, localizada na Florida (EUA), sem ônus para os participantes. O diretor clínico do hospital, Carlos Roberto Guerra Freitas, comentou que esse treinamento é de grande importância para a formação dos estudantes de medicina. 

“Além de dois médicos, temos 17 estudantes da UVV, que é parceira do nosso hospital, participando do curso. O objetivo é estimular esses alunos que queiram seguir o ramo de cirurgia. Com essa técnica o tempo de internação é reduzido, assim como o risco de infecção. A cirurgia por vídeo é uma tendência para o futuro. Queremos qualificar esse campo para que possamos aproveitar esses profissionais capacitados”, destacou Guerra.
 

O médico José Rogério Mendes Glória, especialista em cirurgia do aparelho digestivo e cirurgia bariátrica, que coordenou o primeiro treinamento, informou que a intenção é promover o conhecimento da especialidade de cirurgia videolaparoscópica aos alunos que estão em fase de formação.

“Quando esses estudantes chegarem ao mercado de trabalho, a curva de aprendizagem, onde pode ocorrer algum erro, diminui bastante, pois eles vão aprender aqui. Nesse primeiro módulo eles estão tendo contato com a pinça de vídeo. A dificuldade é muito grande nesse primeiro contato”, explicou.
 

Segundo ele, no próximo módulo serão realizadas pequenas cirurgias. No último módulo os estudantes farão cirurgias em animais, para por em prática o que aprenderam. No total, serão 50 horas de curso, entre aulas práticas e teóricas. 

“Essa turma que está participando desse curso sempre estará à frente na profissão, pois eles estão aprendendo antes de entrar no mercado de trabalho. Esse é o mesmo curso que ensinamos nos Estados Unidos. Alguns materiais que eles estão tendo contato hoje são inéditos no Estado. Essa é a cirurgia do futuro, devido aos inúmeros benefícios com relações a outras técnicas tradicionais”, enfatizou. 

 

 



 

 

Mais macacos são encontrados mortos e Saúde intensifica vacinação em Afonso Cláudio

Macacos mortos são encontrados em Laranja da Terra e Domingos Martins

Venda Nova do Imigrante inicia campanha de vacinação contra a febre amarela

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados