GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 20 DE JANEIRO DE 2017

 

Marechal Floriano » Agronegócio

Marechal Floriano, 14/12/2016

Dia de campo do Projeto Produtor Informado é realizado em Marechal Floriano

 

Foto: Incaper

 

Para encerrar as ações programadas para este ano pelo Projeto Produtor Informado, o Incaper realizou, no município de Marechal Floriano, na Região Serrana do Estado, um Dia de Campo de Café. Estiveram presentes no evento aproximadamente 100 pessoas, entre técnicos, cafeicultores, instrutores e alunos dos cursos, das regiões Norte e Sul. O objetivo foi estimular o aumento do uso de práticas sustentáveis na produção cafeeira no Espírito Santo.

O Projeto Produtor Informado faz parte do “Programa Café Sustentável” e visa capacitar cafeicultores de Conilon e Arábica interessados em melhorar a gestão de suas propriedades e a qualidade do seu café. O Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) e a Plataforma Global do Café, por intermédio da P&A Marketing; a Fundação de Desenvolvimento Agropecuário do Espirito Santo (Fundagres) e o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) estabeleceram uma parceria, em que o Instituto é o executor das ações previstas no Projeto. Em 2016 o Incaper realizou 30 cursos, beneficiando 500 cafeicultores em todo o Estado.

Durante a primeira parte do evento, que aconteceu no Centro de Agronegócios do município, foi ministrada uma Palestra sobre o “Currículo de Sustentabilidade do Café: Itens Fundamentais”, proferida pelo engenheiro agrônomo, cafeicultor e consultor da P&A Marketing, Sylvio Padilha. - “O currículo é um conteúdo de boas práticas e o produtor que conseguir atingir o que se espera, dentro da realidade dele, será um bom gestor e também estará preocupado com o meio ambiente”, explicou Sylvio. Logo após a palestra houve uma solenidade de entrega de certificados aos alunos dos cursos do Projeto que estavam presentes no evento.

O diretor-geral da Cecafé, Marcos Matos, ressaltou que é importante ficar atento aos desafios da cafeicultura no Espírito Santo e no Brasil. “Essa parceria entre as instituições só enriquece as boas práticas que o produtor rural utiliza na propriedade. Em 2015 tivemos um consumo de café acima da produção e temos um campo amplo para explorar ainda”.

Sítio Família Ewald

A segunda parte do evento foi realizada na propriedade “Sítio Família Ewald”, em Santa Maria de Marechal, que é referência na produção de café sustentável. “A união da família Evald foi e é um caso de sucesso da agricultura familiar, mostrando que mesmo com toda a dificuldade que passaram, conseguiram criar e educar muito bem os filhos com simplicidade, humildade e honestidade. Durante todos esses anos de trabalho na agricultura, conseguiram alcançar com muita dedicação a sustentabilidade econômica, ambiental e social”, ressaltou o chefe do escritório do Incaper de Marechal Floriano, César Abel Krohling.

Para o diretor-presidente do Incaper, Marcelo Suzart de Almeida, esta parceria entre Incaper, Cecafé, P&A e Fundagres está conseguindo disseminar cada vez mais esta plataforma de produção de café sustentável no Espírito Santo “É muito gratificante participar de um dia de campo como este na propriedade da família Edwal, que atua como uma associação, produzindo, compartilhando sua produção e trazendo resultado que é a expressão do programa “Propriedades Sustentáveis”. Sem sustentabilidade não vamos conseguir passar por momentos de crise como este que estamos vivendo”, disse.

Estações

O dia de campo foi marcado por três estações que mostraram na prática o que os produtores aprenderam durante o curso. A primeira estação foi sobre a “Produção de café de qualidade”, ministrada pelo extensionista do escritório local do Incaper de Brejetuba, Fabiano Tristão Alixandre. A segunda estação tratou sobre a “Proteção integrada do cafeeiro e aspectos ambientais” com o extensionista Marx Bussular Martinuzzo. A terceira e última estação trabalhou os “Resultados produtivos e econômicos da propriedade” e foi conduzida pelo chefe do escritório de Marechal Floriano, César Abel Krohling, e pelo produtor rural Rafael Ewald.

Os cursos do projeto

A Fundagres teve um papel importante no desenvolvimento dos cursos. “No primeiro momento a Fundação atuou apenas na gestão administrativa e financeira do curso, mas no decorrer das atividades nós sentimos a necessidade de atuar mais fortemente na cobrança da prestação de contas”, ressaltou Jussara Heringer, gerente da Fundagres.

O Gestor do Projeto pelo Incaper, Izaias dos Santos Bregonci, salientou que o curso conseguiu unir dois vieses importantes para a cafeicultura. “Conseguimos transmitir aos alunos informações sobre as Boas Práticas de produção de café e acesso à informática para os cafeicultores, por meio das aulas básicas de computação. Houve relatos interessantes de técnicos do Incaper, instrutores dos cursos, sobre os perfis dos alunos, a exemplo de mãe e filho; pai e filha; e irmãos que fizeram os cursos, e como isso fez com que eles melhorassem o diálogo familiar acerca da atividade café”.

A produtora Rural Nathanaele Maria, que participou do curso com o esposo, ressaltou a importância de buscar informações tecnológicas. “O curso Produtor Informado nos ajudou a melhorar o desenvolvimento da propriedade, dando mais qualidade ao que já era feito ao longo desses anos. Já observamos a diferença, pois no último mês conseguimos agregar mais renda para a nossa família”.

Os municípios que realizaram os cursos este ano foram: Águia Branca, Jaguaré, Ponto Belo, Pinheiros, Mantenópolis e Pedro Canário (Extremo Norte); Rio Bananal, São Gabriel da Palha e Governador Lindenberg (Centro Norte); Marechal Floriano, Domingos Martins e Laranja da Terra (Centro Serrano); Muqui (Sul Caparaó) e Alegre.

“O curso Produtor Informado dentro do meio moderno que estamos vivendo, talvez seja o insumo mais importante que o agricultor possa ter no intuito de melhorar a produtividade, a qualidade e a aplicação de boas técnicas e práticas no campo. Ele também orienta a utilização do meio digital, que é importante na busca de informações de mercado”, salientou César Abel Krohling.

Fonte: Portal do Incaper

 

 



 

 

Terra Nova Agrícola expande loja em Santa Maria de Jetibá

Safra de café tem produção recorde de 51,37 milhões de sacas

Importação de café poderá ser definida em janeiro, após levantamento de estoque

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados