GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 20 DE JANEIRO DE 2017

 

Domingos Martins » Agronegócio

Domingos Martins, 12/11/2016

Concurso do Café premia os três melhores produtores de Domingos Martins

 

Foto: AssCom/PMDM

 

A Secretaria de Desenvolvimento Rural premiou, na noite de quinta (10), os vencedores do 1º Concurso Municipal de Qualidade do Café Arábica de Domingos Martins. Dezenas de produtores de todo o município participaram do evento, em Ponto Alto.

O objetivo do concurso foi identificar e promover os agricultores que adotaram técnicas de manejo das lavouras, colheita e pós-colheita na busca constante da melhoria da qualidade do fruto. Cada produtor pôde participar inscrevendo uma única amostra de um lote mínimo de sete sacas de café arábica beneficiado de 60,5 kg. Foram aceitas amostras de café do tipo Cereja Descascado da safra 2016.  

As amostras foram coletadas nos dias 17 e 18 de outubro e seguiram para avaliação sensorial e julgamento dos degustadores da empresa Prove Café, de Venda Nova do Imigrante. Ao todo, 28 produtores se inscreveram no concurso de qualidade.

Em primeiro lugar ficou o café produzido em Alto Paraju. O produtor Sebastião Fortes Coelho alcançou 84,38 pontos na avaliação dos especialistas. O segundo melhor café é de Rio Ponte, produzido pelo agricultor Erlineo Herbst, com pontuação de 83,50, e em terceiro ficou o produtor Ademiro Plaster, de Rio Ponte, com pontuação de 82,25. 
 

O primeiro colocado ganhou R$ 1 mil e 100 sacos de Calcário Dolomítico; o segundo 15 sacos de Adubo Orgânico e 50 sacos de Calcário Dolomítico, e o terceiro, 150 sacos de Calcário Dolomítico. “Domingos Martins tem ótimos cafés, frutos de qualidade. Mesmo com o clima seco e todas as dificuldades enfrentadas neste ciclo, manteve-se a qualidade, resultado da condução correta da produção, desde o plantio até a xícara”, destacou o avaliador Rondinelio Sartori. 

O prefeito Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, afirmou que a iniciativa contribui para o fortalecimento do setor. “Mais de 80% de nossa população vive em área rural, vive da atividade agrícola, daí podemos ver o tamanho de nosso potencial e as possibilidades que podemos ainda explorar. O mercado do café, especialmente, está receptivo para os produtos especiais e de qualidade garantida, o produtor que se enquadrar neste mercado só tem a ganhar”. 

Segundo dados do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Domingos Martins possui mais de 50 mil hectares de café arábica em produção, o que representa cerca de 35% de todo o café cultivado na região Centro-Serrana do Espírito Santo. 

Para o secretário de Desenvolvimento Rural, Darci Schaefer, a ampliação da assistência técnica ao produtores, dos serviços do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e a aquisição de máquinas e equipamentos foram fundamentais para a evolução da qualidade da produção martinense. 
 

“A qualidade do nosso café e de cada produto é a consequência do trabalho que fazemos antes da colheita, todo o trabalho de análise de solo, todo o cuidado, toda a assistência dos técnicos agrícolas. Hoje não vamos premiar o melhor café, mas sim parabenizar o produtor que teve mais cuidado e carinho com o seu produto. Produzimos alimento, e o mercado exige cada vez mais produto de qualidade”. 

Outras autoridades e lideranças comunitárias também estiveram na cerimônia de premiação do 1º Concurso Municipal de Qualidade do Café Arábica de Domingos Martins, entre eles o deputado federal Evair de Melo, o gerente de Agroecologia da Secretaria de Estado da Agricultura, Marcos Magalhães e o presidente da Cooperativa de Empreendedores Rurais de Domingos Martins (Coopram), Darli Schaefer.

O 1º Concurso Municipal de Qualidade do Café Arábica de Domingos Martins foi realizado pela Prefeitura Municipal e teve o apoio da Gerência Municipal de Esportes, do Sindicato Rural de Domingos Martins e Marechal Floriano, Heringer, Mocal, Coopram, Café Dodô, Prove Café e empresários do setor agrícola.  

Fonte: ​AssCom/PMDM

 

 



 

Sávio de Souza

14/11/2016
05h56

Pelo amor de Deus. Nem Brejetuba, maior produtor de café arábica do Estado, possui toda esta área plantada (50.000 hectares). Em Domingos Martins a área plantada vem caindo ano a ano e, atualmente, é de pouco mais de 4.000 hectares, segundo o IBGE. COMO QUEM NÃO CONHECE NEM QUANTO PLANTA PODE FALAR EM QUALIDADE?


Reportar abuso

 

Terra Nova Agrícola expande loja em Santa Maria de Jetibá

Safra de café tem produção recorde de 51,37 milhões de sacas

Importação de café poderá ser definida em janeiro, após levantamento de estoque

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados