GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 21 DE JANEIRO DE 2017

 

Gastronomia

Histórico

 

 

04/07/2012

Mais ''comidinhas'' para aquecer este inverno

 

 

 
Ano passado escrevi um artigo intitulado “Gastronomia para o inverno”, onde elenquei algumas sugestões de receitas gastronômicas adequadas para esta época fria do ano. 
 
Como são milhares as opções disponíveis em livros, revistas e sites na internet, vou listar mais algumas que, tenho certeza, todos vão apreciar. E, mais ainda, ao lado de uma boa companhia, seja para ajudar na elaboração, seja para degustar junto depois da preparação pronta para ser servida.
 
Vou começar, mais uma vez, pelo café da manhã: panquecas, quentinhas, feitas na hora, cobertas com uma geléia caseira, mel, ou ainda, manteiga derretida... Ao lado de uma xícara de fumegante de um cappuccino, aquela mistura preparada, se possível, com leite vaporizado e café bem forte, salpicada de canela em pó!
 
 
Se a pedida for algo salgado, porque não uma omelete, recheada com presunto em tirinhas e queijo que se derrete ao prepará-la, ou ovos mexidos e torradas? Se for para começar bem o dia e com disposição, acompanhe estas sugestões com uma xícara de café preto, de coador ou espresso, tanto faz....
 
 
A recomendação dos(as) nutricionistas é nunca deixar muito espaço de tempo entre as refeições, já que esta prática faz com que exageremos na quantidade cada vez que comemos. Então, no meio da manhã, seguindo as recomendações deles(delas) e, com aquele ventinho frio soprando nas ruas, a saída é uma xícara de chocolate quente, para aquecer a alma...
 
E uma fatia, pequena, de um apfelstrudel, a torta alemã feita com massa folhada enrolada, recheada com pedaços de maçãs carameladas e uvas passas, polvilhada com açúcar e canela, quentinha! Após esta “boquinha”, uma caminhada de volta ao trabalho...
 
 
Bom, é hora do almoço e o frio continua! Então, como sugestão, uma fatia de lasanha, que pode ser recheada com frango desfiado ou carne moída ou, ainda, com espinafre, ricota,  molho branco e uma quantidade razoável de queijo parmesão derretido por cima!
 
Ou, quem sabe, um “escondidinho”? Conheço diversas opções: carne seca desfiada coberta com purê de abóbora, batata baroa com calabresa, a francezíssima “parmentier”, isto é, purê de batatas e recheio de carne moída refogada. A escolha é sua... O importante é chegar à mesa saindo fumaça! E, para acompanhar, uma taça (só uma!) de vinho tinto...
 
 
Hora do lanchinho da tarde? Vamos lá. É só entrar numa doceria, ou confeitaria, ou cafeteria, ou que nome tenha, para ficar cheio de dúvidas e de frustrações por não poder saborear um exemplar de cada docinho, tortinha, quiche, bolo dos mais diversos sabores e recheios, salgadinho, etc, etc... A ordem agora é, então, escolher um e degustá-lo: amanhã é outro dia e outras oportunidades virão! E para beber? Só mesmo um suco de frutas, sem açúcar...
 
 
A noite chegou e, junto, o jantar. Uma sopinha bem saborosa e rica em legumes e verduras ou um caldo quentinho, para repor as energias e não atrapalhar o sono e as atividades anteriores a ele... Se não uma preparação assada, simples, como meias berinjela recheadas com peito de frango desfiado e molho de tomates, cobertas com queijo mussarela ralado grosso, enfeitadas com azeitonas, e gratinadas.
 
 
Uma alternativa, um pouco mais trabalhosa, é verdade, porém bastante requintada e com resultados especiais: os soufflées (leia-se “suflês”)! Experimente preparar um molho branco bem temperado com noz moscada e queijo parmesão, adicionar camarões pequenos que ficaram meia hora marinando em suco de limão, sal e pimenta do reino moída na hora, e misturar, com muito carinho, claras de ovos batidas em neve; colocar tudo numa forma de porcelana, apropriada, untada com manteiga, e por para assar em forno pré-aquecido até a superfície ficar dourada. Servir imediatamente, para que o soufflée não murche, pois o efeito visual também é importante...
 
Mais simples, mas nem por isso menos saboroso, são as batatas gratinadas. Descasque meio quilo de batatas e as fatie; coloque-as numa travessa, cubra com meio litro de leite temperado com sal e pimenta do reino; por cima espalhe pedaços de manteiga gelada e, se gostar, bacon em cubinhos; coloque no forno quente até ficar com a superfície dourada. 
  
 
Sobremesas para esta noite: bananas flambadas ou maçãs assadas. Para preparar as bananas, utilize ou as nanicas, também conhecidas por d’água ou caturra, ou as ouro, pequenininhas. Derreta uma colher de manteiga numa frigideira, frite as bananas girando-as e, quando já estiverem começando a dourar, tire a frigideira do fogo, coloque meio copo de conhaque ou rum, cubra as bananas com açúcar e vire a frigideira um pouquinho, novamente na boca do fogão, para que a bebida se incendeie (muito cuidado!). Espere até o fogo apagar completamente, sinal que o álcool já acabou! O açúcar se caramelizará. Sirva individualmente, regando com o molho que se fez no fundo da frigideira.
 
O processo das maçãs é o seguinte: acenda o forno e, enquanto ele esquenta, corte a “tampa” de cada uma delas e retire, com uma colher de sobremesa, o miolo em torno dos caroços e estes, com cuidado para não vazar o fundo. Coloque-as num tabuleiro e recheie-as com uvas passas e mel. Cubra-as com as tampas e asse-as até ficarem macias. Sirva-as ainda quentes!
 
 
A partir deste momento, preparem-se para o final da noite, devidamente alimentados, encerrando o expediente com um licor, que também ajuda a esquentar, ou um cálice de vinho do Porto, o qual produz o mesmo efeito. 
 
 
Aí é só partir “pro abraço”... Até a próxima!
 

 

 

 

 

Margareth

05/07/2012
06h37

Esta matéria aquece qualquer friozinho, parabéns!!


Reportar abuso

Lenize

10/07/2012
11h05

Mário, veio bem a calhar porque está um vento muito frio aqui no Rio. Vou aproveitar as sugestões. Lagos Andinos ... Fantástico!!! Abraços


Reportar abuso

Cristina Ramos

11/07/2012
13h14

Adorei as delícias apresentadas!!! Que vontade de apreciá-las...bbbjjjssss, IRMÃO!!!.


Reportar abuso

 

 
2016 (1)
 

Maio (1)

 

 

» Sem tempero não dá!...

2015 (4)
2014 (3)
2013 (6)
2012 (12)
2011 (12)
2010 (15)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados