GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 21 DE JANEIRO DE 2017

 

Gastronomia

Histórico

 

 

17/11/2010

Receitas do 2º Curso de Gastronomia Montanhas Capixabas

 

 

 
 

Entrada:
 
“Bruschetta”
(pão italiano com alho, tomate e queijo)
 
Ingredientes (para 6 porções):
- 1 pão italiano (daqueles redondos)
- 1 lata de tomates pelados (400 g)
- Pasta de alho (a gosto)
- Azeite (a gosto)
- Queijo parmesão ralado grosso (a gosto)
 
Preparo:
- Ponha o forno para aquecer
- Corte o pão em 6 fatias de 1,5 cm de espessura
- Espalhe um pouquinho da pasta de alho na superfície superior de cada uma das fatias
- Regue com um pouco de azeite (a gosto)
- Pique os tomates pelados e distribua-os sobre as fatias de pão
- Salpique o queijo parmesão ralado (a gosto)
- Coloque sobre um tabuleiro e leve ao forno até derreter o queijo.
- Sirva imediatamente
 
Observação:
Não é preciso colocar sal já que o queijo, normalmente, é salgado o bastante. Entretanto fica a critério da cada um, assim como temperar com pimenta do reino ou orégano, por exemplo. Você pode incrementar a bruschetta colocando, sobre os tomates, azeitonas picadas, ou mortadela picada, ou usando fatias de queijo mussarela ao invés do queijo ralado. Dê “asas à imaginação” e bom proveito!
 
 

Prato Principal:
 
“Risotto”
(Risotto de cogumelos frescos e socol)
 
Ingredientes (para 6 pessoas):
- 600 g de arroz arbório ou carnaroli
- 300 g de cogumelos frescos
- 150 g de socol
- 1 cebola média
- 1 dente pequeno de alho
- 1 cenoura média
- 1 alho poró
- 1 aipo (também conhecido por salsão) 
- 1 maço de salsinha
- 1 folha de louro 
- 1 cubo de caldo de legumes 
- 60 g de queijo parmesão ralado grosso
- 90 g de manteiga (margarina não serve!)
- Sal a gosto
- Pimenta do reino moída na hora a gosto
- 60 ml de vinho branco seco
- 60 ml de azeite
 
Preparo:
- Para o caldo:
- Coloque, numa panela grande, 2,5 litros de água e deixe ferver. Adicione os vegetais e deixe-os cozinhar: ¾ da cebola descascada, ¾ da cenoura descascada e cortada em pedaços, o talo do alho poró em pedaços e o talo do aipo (salsão) em pedaços. Tempere com sal e junte a folha de louro. Deixe cozinhar bastante, durante umas 4 horas, pelo menos, até que a água absorva todos os sabores dos vegetais. Coe e reserve.
- Para o risotto:
- Não lave o arroz!
- Ponha a panela com o caldo para ferver e deixe-o ao lado daquela onde será preparado o risotto.
- Corte o socol em tirinha de 3 cm de comprimento, mais ou menos e reserve.
- Limpe os cogumelos, fatie cada um em 4 e reserve.
- Pique a salsinha, ponha para secar, espalhando-a sobre papel toalha, e reserve.
- Pique bem a cebola e a cenoura restantes, assim como o alho descascado. Numa panela de fundo grosso, com capacidade para 3 litros, coloque o azeite e metade da manteiga para aquecer (a outra metade guarde na geladeira). Quando a manteiga amolecer junte a cebola e a cenoura. Frite, mexendo sempre, até a cebola ficar transparente, sem deixá-la escurecer. Adicione o alho picado e frite mais um pouco. Acrescente o arroz e deixe refogar, também mexendo sempre para não pegar no fundo da panela, até que ele fique brilhando. Despeje o vinho branco, continue mexendo e espere o álcool ser eliminado. Agora vá adicionando o caldo com uma concha. Não pare, nunca, de mexer o arroz. À medida que o arroz for absorvendo o caldo e soltando o amido que estes tipos tem em abundância e que dá a cremosidade, adicione mais uma concha. Repita esta operação até que o arroz fique cozido “al dente”, ou seja, ainda um pouco durinho no centro (vá experimentando de vez em quando...). O risotto deve ficar bem úmido e cremoso. Quando chegar “no ponto”, acrescente a manteiga restante ainda gelada, até que se incorpore totalmente. Junte, então, o queijo ralado, os cogumelos e o socol. Homogenize a mistura e, por fim, adicione a salsinha e a pimenta do reino. 
- Sirva imediatamente. O risotto não espera ninguém! E bom apetite!
 
 

Sobremesa:
 
“Tiramissù”
(doce gelado feito à base de biscoitos champagne) 
 
Ingredientes (para 10 pessoas):
- 500 g de queisch-mier (tipo de queijo produzido e vendido na região de Domingos Martins)
- 400 g de creme de leite
- 150 g de açúcar
- Pó de café para 300 ml de água (3 colheres de sopa bem cheias)
- 20 ml de licor de café ou conhaque 
- 100 g de chocolate em pó
- 400 g de biscoito champagne
 
Preparo:
- Faça um café forte, adoce um pouco e misture com o licor ou conhaque. Reserve.
- Bata, no liquidificador, o quiesch-mier com o creme de leite e o açúcar. Reserve.
- Coloque o café, já frio, numa travessa. Molhe os biscoitos neste café, com cuidado para não desmanchá-los, e deite-os no fundo de um pirex retangular, formando uma primeira camada.
- Coloque metade do creme sobre esta camada de biscoitos, espalhando-o de maneira uniforme.
- Faça outra camada de biscoitos por cima deste creme.
- Em seguida arrume outra camada de biscoitos e cubra com a metade restante do creme, espalhando-a também.
- Cubra com o chocolate em pó e leve à geladeira por duas horas, mais ou menos.
- Sirva ainda gelado. Bom proveito! 
 
Observação:
Se não encontrar o queish-mier, substitua por: 300 g de ricota fresca misturado com 2 copinhos de iogurte natural desnatado.
 

 

 

 

 

 

 
2016 (1)
 

Maio (1)

 

 

» Sem tempero não dá!...

2015 (4)
2014 (3)
2013 (6)
2012 (12)
2011 (12)
2010 (15)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados