GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 22 DE JANEIRO DE 2017

 

Gastronomia

Histórico

 

 

26/07/2010

A gastronomia de nossos hermanos

 

 

 
 
Quem já teve a oportunidade de viajar para o Uruguai, para a Argentina e para o Chile vai concordar comigo: em matéria de gastronomia eles são espetaculares!
 
No Uruguai pode-se saborear uma excelente parrillada, que é um tipo de churrasco onde são preparadas e servidas carnes, linguiças e diversos miúdos bovinos, além de pimentões e tomates, grelhados sobre brasas de lenha de madeira e não sobre carvão, como nós tradicionalmente fazemos. Em Montevidéu, capital do país, uma ótima pedida é experimentar uma num dos diversos restaurantes situados no Mercado do Porto. Para acompanhar, se estiver fazendo calor, nada melhor que uma das cervejas locais, todas muito boas. Ou, se a temperatura estiver mais amena, um vinho tinto potente elaborado com a casta Tannat, ícone da vitivinicultura uruguaia.
 
 
Na Argentina temos que repetir a dose: a carne é o carro-chefe dos restaurantes. São vários cortes exclusivos, suculentos e assados no ponto: jugosos, quer dizer, sangrando, se você prefere saboreá-la desta maneira, bem ao gosto porteño, ou mais bem passada, se é assim que lhe apetece. E sempre acompanhadas de papas, ou seja, batatas. Fritas, em purê ou soufflé, estas últimas crocantes por fora e ocas! Tantas delícias, devidamente harmonizadas com um vinho tinto da casta Malbec, na qual eles são experts, são “tudo de bom”.
 
 
Não podemos nos esquecer das pizzas, já que a Argentina é o segundo maior consumidor mundial das redondas, logo depois da Itália! Elas são preparadas com massa espessa, com as coberturas mais diversas e em grandes quantidades, além do queijo mussarela. Também temos que lembrar das sobremesas: os sorvetes ou helados, como eles o chamam, principalmente, em minha opinião, os de doce de leite, sejam misturados ou com nozes, ou com chocolate, ou com crispis, etc, além dos preparados só com chocolate e os de frutas. E o próprio dulce de leite, com o qual eles recheiam panquecas e crepes e que são de “pedir para morrer”...
 
 
No Chile as pedidas são os frutos do mar. Como está banhado pelas águas geladas do Oceano Pacífico, as quantidades, os tamanhos e a qualidade dos peixes, mariscos e crustáceos é incrível. Há uma espécie de caranguejo gigante, a centolla (pronuncia-se centoja), servida cozida e acompanhada de diversos molhos, que é imperdível! Todos estes produtos são fresquíssimos e pode-se saboreá-los no Mercado Central de Santiago, capital do país. São muitos restaurantes para se escolher e, com certeza, sempre se sairá de lá bastante satisfeito, seja com a comida em si, seja com os serviços.
 
 
Falar na gastronomia chilena é falar, também, sobre seus vinhos. São muitas e muitas vinícolas, que produzem os mais variados cortes, além dos varietais, sendo que a Carmenère é a que está hoje representando o país, já que se adaptou fantasticamente a suas condições climáticas e de solo. Podem-se escolher os brancos, tintos ou rosés e dos mais diversos preços: há para todos os bolsos. Algumas adegas produtoras organizam visitas e em algumas delas são servidas refeições, claro que magnificamente acompanhadas por um dos seus produtos. Além dos vinhos, também o pisco é uma bebida típica chilena, elaborada destilando-se o mosto da uva. É bem forte e com ele é preparado um drinque famoso, o pisco sour, uma mistura dele com suco de limão e gelo.
 
 
Conclusão: viajar pela gastronomia destes três países é um convite para provar novos sabores, além de conhecer uma cultura rica e tradicional bem como paisagens maravilhosas! Façam suas malas!
 

 

 

 

 

Cristina Ramos

27/07/2010
09h05

Fantástica viagem gastronômica aos países latinos...senti-me lá, degustando o "baby-beef" com "papas fritas" e, os maravilhosos "frutos do mar" chilenos... Parabéns ao "Consultor Gastronômico" pela habilidade com as palavras ao tecer o texto e aguçar os nossos sentidos "visual, olfativo e degustativo..." Saudações gastronômicas!!! Cristina Ramos.


Reportar abuso

Máira Senna

27/07/2010
12h53

Parabéns Mario! Essa reportagem me deixou com tanto água na boca que não vejo a hora de provas alguma dessas delícias pelas "bandas" de lá...


Reportar abuso

 

 
2016 (1)
 

Maio (1)

 

 

» Sem tempero não dá!...

2015 (4)
2014 (3)
2013 (6)
2012 (12)
2011 (12)
2010 (15)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados