GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 21 DE JANEIRO DE 2017

 

Culinária das Montanhas

Histórico

 

 

10/06/2016

Empório Flor de Liz

 

 



Já tinha se passado algum tempo desde que havíamos ido a este restaurante para saborear uma deliciosa pizza com a família, à noite. E neste domingo, de céu limpo e sol forte, passei por ele lá pelas 10 da manhã e pedi para reservar uma mesa externa para que eu, minha esposa e meu filho fôssemos almoçar mais tarde. Prontamente fui atendido e um cartaz de “RESERVADO” foi colocado sobre uma das mesas.

Por volta da uma hora da tarde lá chegamos e fomos recebidos pela estagiária Geane, muito simpática, a qual trouxe o cardápio e a lista com os tipos de chopp e cervejas artesanais “Barba Ruiva”, produzidos pela casa. Imediatamente escolhemos um “stout”, escuro, com sabor chegado ao café e ao chocolate (R$8,00), para mim, e um “IPA”, de amargor acentuado e bastante frutado, para meu filho (R$12,00), ambos em copos com 300 ml e gelados “no ponto”!
 

Pulamos as entradinhas constantes do cardápio, que poderiam ser, dentre outras, a bruschetta de tomate com parmesão e manjericão (R$20,00 a porção) ou as iscas de tilápia à dorê (R$40,00 a porção), e fomos direto às opções dos pratos principais.

Para mim e minha esposa pedimos o “filé a parmegiana” para dois: 3 filés a milanesa cobertos com bastante molho de tomates muito saboroso e por uma bela camada de queijo mussarela gratinado, acompanhados ainda por purê de batatas, arroz e uma saladinha de tomates e alface frescos (R$82,00).   
 
  

Meu filho pediu um “filé mignon tornedor com delicioso ravióli de purê de banana da terra”.  
 
Muito recomendados, também, são o “Risoto de camarão rosa com raspas de limão siciliano” (R$45,00 para uma pessoa) e o “Bacalhau da casa”: preparado com o lombo assado no azeite português, pimentões coloridos, cebola em rodelas, batatas cozidas e azeitonas pretas (R$96,00 para dois).

Enquanto aguardávamos a chegada dos pratos, saboreamos mais dois chopps 300 ml, sendo um “german pilsner” (R$6,00), claro, leve e refrescante, e um “Lolita Weiss” (R$8,00), de trigo, ambos bem tirados e servidos na temperatura adequada.

Ao chegarem os pratos, o que meu filho pediu, por um equívoco da Geane, veio somente o ravióli, o qual também consta do cardápio (recheado com mussarela de búfala, amêndoas e nozes). Mas a garçonete Tamires, que estava nos atendendo naquele momento, imediatamente solicitou à cozinha que preparasse um filé a tornedor para completar o pedido e, em menos de 5 minutos, já estava em nossa mesa um filé alto, grelhado, pronto para ser devidamente degustado. O “filé a parmegiana” estava muito bem preparado, farto e suculento: foi uma ótima escolha!

Após terminarmos os pratos e sentindo-nos todos muito satisfeitos, passamos direto pelas sobremesas oferecidas (petit gateau é uma das opções...) e pedimos a conta (pagamos com cartão de crédito), com a certeza do “dever cumprido”. E, então, voltamos para casa, onde só nos restou “tirar uma soneca” para auxiliar a digestão!

A título de informação, a casa apresenta música ao vivo nas noites das sextas-feiras e dos sábados, cobrando “couvert artístico”. 
 

 

 

 

 

 

 
2016 (7)
 

Setembro (2)

 

 

» Delícias da Maria Lúcia...

» Restaurante Sabor da Traí...

 

Julho (1)

 

 

 

Junho (1)

 

 

 

Maio (1)

 

 

 

Março (1)

 

 

 

Fevereiro (1)

 

 

2015 (3)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados