GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 21 DE JANEIRO DE 2017

 

Informes Publicitários

Histórico

 

 

25/09/2015

Grupo Martins & Freitas se destaca no desenvolvimento de empresas do agronegócio

 

 

[Informe Publicitário]
Julio Huber

Atuando no seguimento de comodities, logística, gestão, recuperação de ativos e construção civil, a Holding - Grupo MF (Martins & Freitas), dos Sócios Valdir Ioti Freitas e Eduardo Martins, com sede em Domingos Martins, tem se destacado em suas áreas de atuação. 

Atualmente, a empresa atendendo aos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Profissionais especializados são um dos ingredientes de sucesso do grupo de empresas.

Atualmente, a Holding - Grupo MF (Martins & Freitas), comanda as seguintes empresas: Raçoaves Representações; Freitas Corretora de Cereais; Era – Gestão e Recuperação de Ativos; Transcarvalho e Germânia – Empreendimentos Imobiliários. 
 
  

“Para que a implantação de um Sistema de Gestão tenha sucesso, é importante a integração dos processos aliada à tecnologia, o treinamento e principalmente comprometimento e dedicação de toda a equipe da empresa”, destacou o empresário Eduardo Martins, que é economista, MBA Gestão Empresarial e Negócios e MBA Controladoria e Finanças.

A qualidade também é destacada pelo empresário Valdir Ioti Freitas. “Nosso objetivo é oferecer aos nossos clientes um serviço de qualidade diferenciada, incluindo produtos, serviços e equipe de colaboradores treinados. Para isso, estamos em processo de melhorias constantes”.

Gestão de granjas de aves e suínos

A Granja JAOP, fundada em 1970 pelos sócios José Andreão e Osvaldo Perim, em Vargem Grande, Venda Nova do Imigrante, atua com avicultura de corte e atualmente é comandada por Cezar Mazoco Andreão. “A modernização aliada ao processo gestor faz a diferença para que alcancemos resultados bem expressivos“, destacou Cezar Mazoco.
 
  

A responsável pela Granja Mendonça, Simone Mendonça, de Cachoeira Alegre, em Venda Nova do Imigrante, também destacou a importância da gestãona produção de suínos. “Nosso processo de gestão nos permite conduzir a atividade empregando as mais modernas técnicas de produção, visando o bem estar animal e respeito às normas ambientais, além de obtermos excelentes resultados”.
 
  

Outro exemplo vem de Melgaço, em Domingos Martins. Marcos Antônio Plaster, das Granjas Plaster, que atua com avicultura de postura, destacou a importância do acompanhamento profissional para o crescimento da empresa. “Não queremos ser o maior produtor, mas sim um bom produtor. Conduzir a atividade focada no comprometimento com a gestão faz a diferença”, enfatizou.
 
  

Persistência aliada à consultoria profissional

“Ao perguntar aos pecuaristas acima, quais pontos destacariam para obterem o sucesso alcançado, tínhamos certeza que a primeira resposta, sem dúvida, seria: dedicação. Além disso: alcançar as metas programadas, persistência, adoção de tecnologia atualizada, assistência técnica, escolha da linhagem em consonância com seu cliente, aquisição de matérias-primas de fornecedores idôneos e, por fim, prazer no que fazem em equipe. 

Hoje o produtor trabalha em faixa muito estreita. O controle dos itens de maior peso na composição dos preços - o milho, a soja, a energia elétrica - e o preço final do seu produto, estão longe do seu alcance, exigindo gestão próxima da perfeição. 

As parcerias comerciais e técnicas garantem que seu produto final tenha destino certo, no momento certo. Exige-se programação, controle e análise dos dados do que se faz no dia a dia. Tomadas de decisões é imperativo. Diz-se há muito tempo que ‘o olho do dono engorda o capado’. Compromisso acima de tudo. Simples detalhes são valiosos, em todos os momentos. 

Nada adiantará todo este esmero aplicado, sem boa ferramenta à disposição. As atividades, principalmente as ligadas à agropecuária, são dinâmicas, havendo necessidade de atualizações constantes. Investimentos na modernização e adaptações das instalações, práticas de manejo de cada espécie, aspectos sanitários devem acompanhar a evolução genética aplicada aos animais, pois esta tem estado sempre à frente e assim será. 

Todos os setores ligados à exploração se curvam às suas ordens para harmonia de todos. Há uma premissa instalada na mente dos geneticistas melhoristas, que determina: sempre pontuar resultados acima da média conseguida em algum espaço de tempo. 

Estes benefícios colocados à disposição dos criadores, motivos para que sejam eficientes em suas atividades e por fim recompensados em satisfação pessoal e econômica”. 

 
Eustáquio Moacyr Agrizzi – Médico Veterinário
 

 

 

 

 

 

 
2016 (5)
 

Dezembro (1)

 

 

» Médico aponta inovações e...

 

Maio (2)

 

 

 

Fevereiro (2)

 

 

2015 (9)
2014 (4)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados