GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 21 DE JANEIRO DE 2017

 

Palavra Crônica

Histórico

 

 

25/08/2015

O dia mais feliz da minha vida

 

 



Responda rápido, caro leitor: qual foi o dia mais feliz da sua vida? Para o João Vitor, de 5 anos, foi domingo, 11 de agosto de 2015. Há, na Grande Vitória, uma tradicionalíssima corrida, a "10 milhas Garoto", que sai da Capital até Vila Velha, mais antigo município capixaba. Todo mundo entra no clima e, para dar uma ajudinha, os organizadores bolam vários eventos, até a prova. Nesse dia, exatamente, uma semana antes da largada, montaram, na Praia de Camburi, em Vitória, pula-pula, circuito, slack line (aquela fitinha fininha, sobre a qual a gente tenta andar) e por aí vai. O João Vitor experimentou tudo. E, quando terminou, virou para a tia e disse: "Tia, esse foi o dia mais feliz da minha vida!"

É claro que todo mundo caiu na risada. Mas, o João Vitor falou com tanta certeza que me botou para pensar: E eu? Qual foi o dia mais feliz da minha vida? Talvez tenha sido no dia 18 de maio de 1994. Tinha apenas 15 anos, mas lançava, nesse dia, meu primeiro livro: "Brasil de Ontem, Hoje e Sempre", um livreto com um poema em cinco partes, sobre os 500 anos da História do Brasil, que havia escrito no ano anterior. Sempre sonhei em ser escritor, desde criança e, nessa data, nascia, oficialmente, durante a Feliv 94, o autor, em meio a pais, salgadinhos, refrigerantes, colegas de escola, professores e até autores que vieram conhecer "aquele menino que estava lançando um livro".

Mas, provavelmente, o dia mais feliz que esse foi 11 de janeiro de 1997. Foi o dia em que, oficialmente, passei no vestibular da Ufes, para Direito. Fiquei sabendo por uma prima, que ouviu no rádio e ligou chorando lá para casa. Passei um ano muito difícil, de preparação exaustiva, mas, valeu cada noite mal dormida. Aquilo foi a realização de mais um sonho. Em seguida, foram 5 anos de conhecimentos, de amizades que cultivo até hoje, porém, também, de muita luta. Três greves, professores com contratos que acabavam no meio do período... Quem estuda em Federal sabe como é complicado. Mas, como há males que vêm para bem, tive o prazer de ter duas colações: uma, oficial, no dia 11 de novembro de 2002, e outra, marcada antes da greve, dia 16/10. O que me deu a honra de falar pela minha turma, por duas vezes.

Porém, certamente, o dia mais feliz da minha vida foi 10 de dezembro de 2009. Foi quando eu tive a minha última alta, após sofrer um acidente automobilístico que quase tirou a minha vida. Dias difíceis, aqueles: coma, traqueostomia, colostomia, seis cirurgias e uma experiência de quase-morte. Tão difíceis que renderam até um livro, o meu "A vida depois da luz". Voltar para casa, após de tantas idas e vindas, foi como nascer de novo. Ou, pelo menos, ter minha vida devolvida. Nunca vou me esquecer desse dia, nem do meu aniversário, quatro dias depois. Chorava, mas dessa vez, de felicidade. A dor tinha ficado para trás. E eu senti que tinha uma nova chance para recomeçar.

Depois disso, tive outros dias mais felizes da minha vida: primeiro de setembro de 2010, quando tomei posse em um cargo, oriundo de um concurso por que muito esperava; 16 do mesmo mês e ano, dia em que entrei, oficialmente, para a Academia Espírito-santense de Letras, realizando um sonho de adolescência. E tantas outras datas que passaram e que virão. Mas, o que elas têm em comum? Não precisam ser pagas, nem à vista, nem a prestação. Sem ter senões. São momentos tão sublimes quanto um dia de brincadeira na praia. Espantada com aquela declaração, a tia respondeu: "Calma, João Vitor! Você vai ter outros dias mais felizes da sua vida". O menino, ao que parece, deu de ombros e saiu pulando, até o carro, mostrando para a gente o quanto precisamos aprender com a pureza das crianças.
 

 

 

 

 

 

 
2017 (1)
 

Janeiro (1)

 

 

» A bagagem de ano novo...

2016 (19)
2015 (20)
2014 (11)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados