GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 20 DE JANEIRO DE 2017

 

Vida Saudável - Dicas de Saúde

Histórico

 

 

26/11/2011

Doença Celíaca: Você conhece?

 

 

 
É uma doença caracterizada pela intolerância permanente ao glúten, pode ser confundida com outras doenças, pois ainda é pouco conhecida e os sintomas são variados. Os portadores da doença não podem ingerir alimentos como: pães, bolos, bolachas, macarrão, salgados, pizzas, cervejas, whisky, vodka,etc, quando estes alimentos possuírem o glúten em sua composição ou processo de fabricação.
 
Hoje, é sabido que 1% da população mundial tem doença celíaca e não sabe. A prevalência da doença pode ocorrer em uma de cada 100 a 200 pessoas. 
 
O glúten é uma proteína que está presente no trigo, Aveia, Centeio, Cevada, e no Malte, ou seja, ingrediente muito utilizado na indústria alimentícia e em cosméticos.
 
O glúten, ao entrar em contato com intestino causa inflamação e um achatamento das vilosidades do intestino, causando dificuldade de absorção dos nutrientes. Geralmente a diarréia é o sintoma mais comum desta doença. Mas pode se manisfestar de outras formas:
 
Clássica: É freqüente entre o primeiro e terceiro ano de vida. Caracteriza-se pela diarréia crônica, desnutrição com déficit do crescimento, anemia ferropriva não curável, emagrecimento e falta de apetite, distensão abdominal (barriga inchada), vômitos, dor abdominal. Percebe-se esses sintomas ao introduzir sopas e papinhas que contém o glúten.
 
Não clássica: Os sintomas gastrointestinais não chamam a atenção. É visto por exemplo, anemia resistente, irritabilidade, fadiga, baixo ganho de peso e estatura, prisão de ventre, constipação intestinal crônica e osteoporose antes da menopausa.
 
Assintomática: Quando não há sintoma algum. Só é diagnosticado com exames ( marcadores sorológicos) em parentes de 1º grau. Neste caso é mais grave, pois se não tratado podem surgir o câncer do intestino, anemia, osteoporose, abortos de repetição e esterilidade.
 
O tratamento deve ser iniciado imediatamente com a ausência total dos produtos que contém o glúten. A partir disso, os sintomas desaparecem. Vale lembrar que essa doença não tem cura, portanto esse tratamento deve ser para vida toda.
 
Outros cuidados são importantes: Ao preparar os alimentos, deve tomar cuidado com a contaminação. Exemplo: Não utilizar a mesma faca que faz o corte de um pão ou um talher para misturar a massa do bolo em alimentos específicos para os celíacos. Deve ter cuidado também em não utilizar o mesmo óleo para fritar os alimentos que não tenha glúten e os que tenha. Quem prepara, deve estar ciente da importância dos cuidados com o trato dos alimentos sem glúten. O portador não deve consumir o alimento no qual não tenha confiança de que tenha sido adequadamente preparado sem glúten.
 
Leia sempre a rotulagem dos alimentos para certificar a ausência do glúten.
 
É possível substituir as farinhas proibidas por fécula de batata, farinha de milho, amido de milho, polvilho doce ou azedo, farinha ou creme de arroz,  farinha de araruta ou  fubá, quinoa, amaranto. É importante usar a criatividade para desenvolver receitas com esses produtos,
  
Visitas regulares a um nutricionista e a uma equipe de profissionais de saúde com experiência no tratamento da doença celíaca são importantes para ajudar a manter a dieta e monitorar possíveis complicações.  
 
Bolo de fécula de batata
 
Ingredientes: 
7 a 8 ovos; 
2 copos ( requeijão ) de açúcar; 
1 caixa ( 200 grs. ) de fécula de batata; 
Raspas de limão; 
 
Modo de preparo: 
Bater as claras em neve e reservar. Colocar as gemas na batedeira e bater bem, acrescentar o açúcar, e continuar batendo até ficar esbranquiçada. Continue batendo e vá despejando a fécula com o uso de uma peneira, e depois as raspas de limão. Agora com uma colher de pau, misture delicadamente as claras em neve. Despeje uma camada em forma alta e grande, pois, quantos mais ovos usar mais o bolo crescerá. Recheie a gosto. Complete com outra camada. Este bolo não leva fermento em pó.
 
Pão de batata
 
Ingredientes: 
2 tabletes de fermento para pão; 
1 colher ( sopa ) de açúcar; 
1 copo americano ( 150 ml ) de leite morno; 
1 caixa ( 200 grs. ) de creme de arroz; 
1 caixa ( 200 grs. ) de fécula de batata; 
2 colheres ( sopa ) de margarina; 
3 ovos; 
1 colher ( sobremesa ) de sal; 
2 batatas grandes cozidas 
 
Modo de preparo: 
Misture o fermento com o açúcar e 1/2 caixa de creme de arroz. Deixe descansar por 10 minutos. Numa tigela, amassar as batatas , juntar a margarina, o leite, o resto do creme de arroz, a fécula, os ovos inteiros e o sal. Misture bem com colher de pau ou batedeira. Junte esta mistura com a que estava descansando. Unte uma forma de bolo inglês e polvilhe com creme de arroz. Deixe descansar 10 minutos e asse em forno pré-aquecido por 50 minutos.
 
Farinha preparada: ( pode ser usada para pão, bolo, massa de torta e pizza)
3 xícara de creme de arroz
1 xícara ( chá) de fécula de batata
½ xícara de polvilho doce
 
 

Contato:
 
Luciana Pizzarollo Zandonadi
Especialista em nutrição clínica
(27) 9983-5561
 

 

 

 

 

 

 
2016 (13)
 

Setembro (1)

 

 

» O diagnóstico de câncer d...

 

Agosto (1)

 

 

 

Julho (1)

 

 

 

Junho (3)

 

 

 

Maio (1)

 

 

 

Abril (2)

 

 

 

Março (1)

 

 

 

Fevereiro (2)

 

 

 

Janeiro (1)

 

 

2015 (12)
2014 (12)
2013 (8)
2012 (5)
2011 (10)
2010 (7)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados