GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 20 DE JANEIRO DE 2017

 

Vida Saudável - Dicas de Saúde

Histórico

 

 

01/04/2016

Silicone nos seios: conheça os benefícios e riscos para o corpo

 

 

A cada ano, aumenta o número de adeptas às próteses de silicone de mamas no Brasil. A chamada mamoplastia de aumento, que antes era feita apenas por mulheres famosas ou com certo poder aquisitivo, agora está bem mais acessível às brasileiras. De acordo com estudos, desde 2009, o número de cirurgias para colocação de silicone nos seios só cresce no país, ultrapassando até mesmo a tão sonhada lipoaspiração.

Neste sentido, esse artigo traz algumas respostas para aquelas mulheres que estão com vontade de aderir à prótese de silicone, mas ainda têm algumas dúvidas sobre o procedimento. 

Quais são os benefícios do implante de silicone para a mulher?

- Aumento da autoestima: Por ficar com um visual mais atraente, a mulher ganha autoconfiança e passa a se sentir mais bonita diante das outras pessoas. Com isso, ela poderá realizar ainda melhor as suas atividades cotidianas e se sentir inserida dentro da sociedade por se sentir satisfeita com o próprio corpo.

- Seios mais naturais: Se o trabalho do médico cirurgião for bem feito, dificilmente as pessoas conseguirão distinguir seios naturais de próteses de silicone. Eles terão aparência mais saudáveis e parecerão mais rígidos com o toque, o que dá um tom de beleza à mulher.

- Reduz o surgimento de imperfeições: Com o passar dos anos, as mulheres tendem a ter seios flácidos e caídos, por causa da idade e suas eventuais mudanças no corpo. Com o implante da prótese de silicone, a boa notícia é que as mamas podem deixar de lado esses aspectos e evitar, ainda, ondulações e rugas que venham a surgir no decorrer do tempo.

- Procedimento rápido e seguro: A cirurgia para implante da prótese de silicone leva apenas algumas horas. Por isso, se ela for bem realizada e por uma boa equipe médica, não há riscos para a paciente e nem efeitos colaterais.

Quais são os riscos da prótese de silicone para o corpo?

Apesar de fazer bem à autoestima das mulheres, há indícios de que o implante de silicone nos seios traga também riscos à saúde das mulheres. Alguns não são tão graves, mas é preciso ficar de olho. Confira alguns deles:

- Alteração da sensibilidade nas mamas: Assim como a cirurgia cesariana, o implante da prótese de silicone pode trazer alterações na sensibilidade dos seios, que podem regredir e retornar em alguns meses. Isso se deve ao rompimento de pequenos nervos durante a realização da cirurgia, quando é aberto um espaço para a colocação da prótese. Quanto maior for a prótese, maiores são as alterações na sensibilidade, uma vez que o espaço confeccionado é maior e causa lesão mais extensa.

- Rompimento da prótese: De acordo com especialistas, a prótese de silicone não pode ser estourada tão facilmente, como a maioria das pessoas imagina. Para que haver um rompimento, seria necessário um trauma considerado grave, como um acidente automobilístico. Porém, com o passar dos anos, a prótese fica mais frágil e, desta forma, mais vulnerável a rompimentos. Por isso, é recomendada a troca a cada dez anos.

- Rejeição da prótese (contratura capsular): Em alguns casos, é possível que o organismo da mulher rejeite a prótese de silicone. Essa rejeição é chamada, na verdade, de contratura capsular, onde o organismo produz uma cicatriz – chamada de cápsula - ao redor da prótese para isolá-la. A cicatriz é capaz de retrair de tamanho e comprimir a prótese, o que pode gerar dor e deformar a mama.

O silicone atrapalha a amamentação?

Não. Isso é um mito que gira em torno do implante de silicone e preocupa muitas mulheres. A prótese de silicone é colocada embaixo das glândulas mamárias ou dos músculos. Por isso, não há nenhuma interferência na amamentação ou na gravidez.

Colocar silicone causa câncer de mama?

Não é verdade. Estudos mostram que o uso de próteses mamárias não tem relação com a ocorrência do câncer de mama. Segundo especialistas, os silicones utilizados nesse tipo de cirurgia são medicinais, e não industrializados. Portanto, eles são mais puros, contêm gel coeso e muitas especificações próprias.

Recuperação e cuidados após a cirurgia: 

Para não complicar o implante das mamas e garantir sucesso na cirurgia, é preciso tomar algumas medidas para evitar complicações e riscos à saúde:

- Sutiã pós-operatório: é um sutiã específico para esse tipo de procedimento e deve ser comprado em estabelecimentos especializados em cirurgias plásticas. Os médicos recomendam o uso durante um mês, mas depende do caso de cada pessoa.

- Repouso: Apesar de não existir um período determinado para repousar após a cirurgia, é ideal ficar em casa de três a sete dias. Aos poucas, a pessoa deve ir retomando as atividades, sem muito esforço. Não é recomendado dirigir, pelo menos por 15 dias.

Outros cuidados, como na hora de dormir, praticar atividades físicas e cuidar da alimentação, são essenciais para a recuperação após o implante do silicone. Por isso, é preciso sempre buscar orientação do seu médico, que vai dizer o que é melhor para você durante esse período pós-cirurgia.

Fonte: dino.com.br
 

 

 

 

 

 

 
2016 (13)
 

Setembro (1)

 

 

» O diagnóstico de câncer d...

 

Agosto (1)

 

 

 

Julho (1)

 

 

 

Junho (3)

 

 

 

Maio (1)

 

 

 

Abril (2)

 

 

 

Março (1)

 

 

 

Fevereiro (2)

 

 

 

Janeiro (1)

 

 

2015 (12)
2014 (12)
2013 (8)
2012 (5)
2011 (10)
2010 (7)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados