GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 20 DE JANEIRO DE 2017

 

Vida Saudável - Dicas de Saúde

Histórico

 

 

20/01/2016

Cinco dicas para um verão livre de doenças

 

 

Basta o tempo esquentar para certas doenças típicas do verão aparecerem e estragarem as tão esperadas férias. Isso acontece por causa da elevação da temperatura nesta época do ano, em que há o aumento do suor, o que faz com que haja maior perda de líquidos corporais, podendo levar à desidratação, caso não ocorra a devida reposição por meio da ingestão de líquidos.

A excessiva exposição ao sol também pode causar desidratação e queimaduras de pele. De acordo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a desidratação é uma condição grave que leva à morte milhares de crianças por ano. A maior parte dessas crianças tem desidratação causada por diarreia. Estima-se que cerca de 3 milhões de crianças morrem por ano vítimas de diarreia nos países em desenvolvimento. No Brasil, cerca de 50 mil crianças morrem todos os anos por causa dessa doença.

“Por causa do calor, há maior risco de contaminação de alimentos, que se deterioram pela proliferação de micro-organismos. Esses alimentos ingeridos podem causar vômito e diarreia, que também contribuem para a desidratação”, afirma o chefe do Serviço de Emergência do Hospital São Lucas Copacabana, Thiago Ribeiro.

A seguir, o especialista dá algumas dicas para que seu verão não acabe mais cedo.

1. Beba bastante líquido
É normal se esquecer de beber água durante o dia, mas, no verão, isso pode ter graves consequências. É essencial se manter hidratado durante esta época do ano, portanto, beba bastante água, sucos, isotônicos e tudo que auxilie na hidratação do corpo.

2. Preste atenção ao armazenamento dos alimentos
A intoxicação é uma das causas mais comuns de doenças. Portanto, o Dr. Thiago frisa a importância de ter mais atenção ao armazenar produtos alimentícios. “É importante não consumir alimentos que tenham ficado excessivamente expostos a temperaturas elevadas ou que sejam de procedência duvidosa, principalmente na praia”, afirma ele.

3. Lave bem as mãos
A higienização das mãos antes da manipulação de alimentos é de extrema importância. Lave-as bem e com frequência. O hábito de colocar a mão na boca costuma ser uma das causas de contaminação da maioria das doenças.

4. Use sempre filtro solar
Evite exposição prolongada ao sol e, caso seja necessário se expor, utilize filtro solar para evitar queimaduras, que tornam a pele mais sensível e com maior risco de desenvolver infecções, alergias e micoses. Além disso, evite os horários de pico de sol, entre 10h e 16h.

5. Use roupas leves
Neste período do ano, em que as altas temperaturas prevalecem, é recomendado usar roupas de tecidos naturais e de cores claras, pois os tecidos naturais permitem maior ventilação da pele e as cores claras refletem os raios tanto de luz quanto de calor, impedindo mais transpiração e, por consequência, a desidratação.

Fonte: dino.com.br
 

 

 

 

 

 

 
2016 (13)
 

Setembro (1)

 

 

» O diagnóstico de câncer d...

 

Agosto (1)

 

 

 

Julho (1)

 

 

 

Junho (3)

 

 

 

Maio (1)

 

 

 

Abril (2)

 

 

 

Março (1)

 

 

 

Fevereiro (2)

 

 

 

Janeiro (1)

 

 

2015 (12)
2014 (12)
2013 (8)
2012 (5)
2011 (10)
2010 (7)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados