GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 21 DE JANEIRO DE 2017

 

A Arte das Montanhas

Histórico

 

 

10/08/2016

Ciumenta, eu? Jamais!

 

 



Ciúme é uma coisa tão presente na vida das mulheres, que Eva tinha ciúme de Adão mesmo sem ter motivo nenhum e, sem concorrência. Mulher não precisa de motivos pra ter ciúmes, se quiser, ela inventa.

Como saber se a mulher está com ciúmes: de repente, ela fica em silêncio e, com um olhar atravessado e mortal. Ela manda indiretas. É irônica. Age com indiferença e... ela mata você. Simples assim. Um dos fatores mais instigantes do ciúme é, sem dúvida alguma, as saídas “dele” com os amigos. Parece que só com os amigos é que os homens conseguem se divertir ou fazer programas engraçados, não é mesmo? Ainda se não bastasse, é pensar que, todos “eles” juntos, não devem fazer outra coisa a não ser atrair olhares e à atenção da concorrência. É isso mesmo. Mulheres com homens à solta; perigo à vista.

Vale lembrar que, sozinhas ou em um grupo de três, elas com ciúmes, se revestem na pele de um dragão de komodo, já que, não suportam que seu parceiro olhe, fale, ajude, comente ou toque outra mulher que não seja ela. 

Outra cruz pesada: a sogra coral, ou seja, a mãe dele. Se há alguma mulher que consegue bater todas as mulheres desse planeta, em termos de provocar ciúmes, é a mãe do dito cujo. Ela ainda faz uma ligação especial no meio da noite, sem mais nem menos, pra dizer que o ama e que ele será sempre “o seu menino” e nunca haverá uma mulher no mundo que realmente o mereça e que o ame mais que ela. Se ela pudesse, o poria em uma redoma de vidro e o contemplaria o dia inteiro. Pois bem: as mulheres ciumentas não suportam isso. Sem contar o olhar de soslaio em sua direção, querendo trucidá-la, também de ciúmes de você, quando todos estão reunidos à mesa. Nessa hora meus amigos, um monstro horrendo e macabro invade o seu ser e, claro, desconta tudo em quem? Nele, é óbvio. O filhinho da mamãe é que pagará o pato.

E se ainda não bastasse, vem à comparação com as ex-namoradas. Fala sério! Ninguém merece ficar ouvindo blá-blá-blá de relacionamentos passados. Afinal, as mulheres odeiam as suas rivais. Falar que ela está um pouquinho acima do peso então... é pedir pra morrer. Será uma destruição voluntária do sexo oposto.

Outro fator intrigante é o súbito interesse no visual. Quando, de um dia para o outro, ele muda de penteado, renova o guarda-roupa... aí minha amiga, o caso é mais grave ainda. Uma mulher desconfiada, não consegue esconder os ciúmes. Sua mente vira uma bola de neve e perguntas saltam de sua mente que, a essa altura do campeonato, está pra matar. E ela se pergunta: “Será que é para mim ou para outra?” 

E àquela bolinha do fim de semana, hem? Ufa! É briga pra mais de metro. Sem contar que ele consegue se desligar diante de uma partida de futebol a tal ponto que você pode passar de biquine à sua frente que ele automaticamente pedirá pra você dar licença, ou seja, sair da frente mesmo.

Trabalhar até tarde? Se um homem começa a usar várias vezes, desculpas desse tipo, pode esperar que uma cólera avassaladora invadirá a mente do sexo dito “frágil”. 

Perguntas do tipo: “Agora o trabalho é mais importante do que eu?” “Por que você me troca por tudo?” Pensamentos sombrios permeiam o íntimo dessa mulher: “Será que ele está realmente no escritório?”. “Talvez está tendo um caso com uma colega de trabalho”… esses pensamentos tomarão conta e dominarão todo aquele ser. É nessa hora que ele entra em sena. O SDP. Isso mesmo! O famoso Sensor De Periguete. Ele surge como uma velocidade maior que a luz e com um poder esfuziante. Carteira é vasculhada; celular; bolso da calça; gola da camisa; o carro dele. Epa! Um fio de cabelo maior que o seu? De cor diferente? A casa caiu! Ninguém segura essa mulher. Até ele provar que focinho de porco não é tomada... ela estará assinando o divórcio.

E ela afirma com todas as letras: ciumenta, eu? Jamais!

Ciúmes pode ser muito fofo. Fofo como o travesseiro que eu vou usar pra te matar quando você estiver dormindo. Se você me der motivos, claro!
 

A Arte das Montanhas

Se você é pintor, escritor, músico, coreógrafo, cineasta, escultor, artesão, enfim, produtor de arte, reside na região das montanhas capixabas ou proximidades e gostaria de compartilhar conosco o seu trabalho, envie-nos um pequeno texto e/ou fotos e teremos prazer em divulgá-los.

Mensagens para: admin@montanhascapixabas.com.br (assunto: Coluna de Artes).
 

 

 

 

 

 

 
2016 (4)
 

Dezembro (1)

 

 

» Gerundismo: uma praga ava...

 

Agosto (1)

 

 

 

Julho (1)

 

 

 

Junho (1)

 

 

2015 (2)
2014 (1)
2013 (3)
2012 (2)
2011 (5)
2010 (8)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados