GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
ESCOLHA SUA CIDADE 21 DE JANEIRO DE 2017

 

A Arte das Montanhas

Histórico

 

 

08/06/2016

O lado bom de ser mulher!

 

 



Pra começo de conversa, você não precisa provar pra ninguém que é simplesmente poderosa, linda, sexy, perfeita, maravilhosa e... modesta. Muito bem, vamos lá! Aqui vai uma amostra grátis do lado bom de ser mulher, afinal, somos o belo sexo, deusas do amor, verdadeiras Afrodites. O sexo dito frágil suporta: cera quente, pinça, alicate, além da sublimidade de dar a luz.

Podemos dizer que, em um dia comum, uma boa maquiagem resolve e disfarça qualquer imperfeição, afinal, já nascemos lindas. Quanto a nossa indumentária, existem vários tipos: roupas que modelam e enfeitam o nosso corpo, contornando cada detalhe e, mesmo quando não estamos usando um manequim de tamanho quarenta, fazemos o maior sucesso.

As indústrias de cosméticos então, nem se fala, são voltadas exclusivamente para nós. As de moda também, não poderiam ser diferentes. Tudo que fazem tem como prioridade as mulheres. Endeusá-las é a sua função. Elas sabem muito bem que podemos usar toda a criatividade e charme em nosso vestuário. 

Outra coisa: podemos diversificar entre todas as cores; não precisamos usar gravata; não estamos condicionadas a usar o mesmo modelo em uma festa, por exemplo. Se as nossas orelhas são de abano, nossa cabeleira longa sempre disfarça, enquanto no sexo oposto é uma aberração.

Pés femininos são idolatrados e desejados. Podemos ir ao trabalho de bermudas e sandálias, camisetas e, estaremos simplesmente chiques. Sem contar que ao sentarmos, podemos cruzar as pernas sem dano algum. 

Podemos faltar ao serviço quando estamos naqueles dias. E, se por acaso, vestirmos o famoso “Traje Para Matar”, e trucidarmos alguém, teremos uma atenuante. Somos capazes de prestar atenção em várias coisas ao mesmo tempo, enquanto o sexo oposto só consegue se concentrar em uma.

E os títulos? Ah, os títulos nos enaltecem. Por exemplo: mulher de embaixador é embaixatriz;  marido de embaixadora não é nada. Mulher de presidente é primeira-dama; marido de presidente não é nada. Se casarmos com o herdeiro do trono, seremos rainhas;  se um homem  casar com a herdeira do trono será o marido da rainha, só isso. Não somos obrigadas a servir o exército; não precisamos ir à guerra; carregamos sempre os pacotes mais leves; em uma greve de sexo, por exemplo, conseguimos qualquer coisa, sem contar que a idade não atrapalha o nosso desempenho de forma alguma. 

Somos nós que somos carregadas na noite de núpcias; temos certeza absoluta que o filho é nosso; temos seis meses de licença maternidade; mulher grávida não entra em fila; dia das mães é sagrado; ganhamos mais presentes, flores... Somos o centro da atenção nas festas. E ainda, jamais entraremos em desespero em frente à televisão vendo 22 mulheres correndo atrás de uma bola. Temos direitos iguais; seguro de automóvel é mais barato para nós; podemos dormir com uma amiga e nem por isso sermos taxadas; somos mais sensíveis; temos melhor coordenação motora; fazemos tudo o que um homem faz, e de salto alto; fazemos dez coisas ao mesmo tempo;

E por fim, temos um dia Internacional, todinho criado pra nós. Só isso!

 

A Arte das Montanhas

 

Se você é pintor, escritor, músico, coreógrafo, cineasta, escultor, artesão, enfim, produtor de arte, reside na região das montanhas capixabas ou proximidades e gostaria de compartilhar conosco o seu trabalho, envie-nos um pequeno texto e/ou fotos e teremos prazer em divulgá-los.

 

Mensagens para: admin@montanhascapixabas.com.br (assunto: Coluna de Artes).

 

 

 

 

 

 

 
2016 (4)
 

Dezembro (1)

 

 

» Gerundismo: uma praga ava...

 

Agosto (1)

 

 

 

Julho (1)

 

 

 

Junho (1)

 

 

2015 (2)
2014 (1)
2013 (3)
2012 (2)
2011 (5)
2010 (8)

 





GERAL POLÍTICA POLÍCIA TURISMO CULTURA AGRONEGÓCIO ESPORTE SAÚDE CLASSIFICADOS EVENTOS GUIA COMERCIAL
BUSCA   
Termo de Uso | Política de Privacidade | Anúncios Publicitários | Contatos

© 2009 Montanhas Capixabas - Todos os direitos reservados